DEMITIDO DA GLOBO

CNN Brasil é criticada por escalar William Waack para analisar ataques antirracistas

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Imagem de William Waack e Carol Nogueira no Jornal da CNN comentando os ataques antirracistas nos EUA

William Waack e Carol Nogueira comentam os ataques antirracistas no Jornal da CNN

REDAÇÃO - Publicado em 30/05/2020, às 14h38

William Waack e CNN Brasil têm recebido duras críticas na web desde o fim da noite de sexta-feira (29). O canal de notícias escalou o âncora para comentar os ataques antirracistas promovidos nos Estados Unidos por conta do assassinato de George Floyd, um homem negro de 46 anos, que foi asfixiado por um policial branco. O público não gostou de ver o jornalista falando sobre o tema por conta de seu histórico profissional.

Em novembro de 2017, quando era âncora do Jornal da Globo, Waack foi acusado de racismo após o vazamento de um vídeo no qual aparecia à frente da Casa Branca, nos Estados Unidos, e se revoltou quando um carro passou buzinando atrás dele e do comentarista Paulo Sotero.

"Tá buzinando por quê, ô seu merda? Eu não vou nem falar porque eu sei quem é, né? É preto, é preto. É coisa de preto", disse ele na ocasião. Ele foi afastado prontamente da Globo, mas sua demissão foi anunciada apenas no final de dezembro.

Escalar Waack para comentar os ataques antirracistas nos Estados Unidos não foi visto com bons olhos pelos telespectadores da CNN Brasil. Por mais que o jornalista não tenha feito comentários com o mesmo tom de três anos atrás, muita gente reprovou sua escalação para a pauta no Jornal da CNN. Confira alguns comentários publicados no Twitter:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook