Reforma no JN

'Clone' de Bonner vira modelo de repórter para o Jornal Nacional

Divulgação/TV Globo

William Bonner, âncora do Jornal Nacional, e Phelipe Siani durante a cobertura da Copa do Mundo - Divulgação/TV Globo

William Bonner, âncora do Jornal Nacional, e Phelipe Siani durante a cobertura da Copa do Mundo

DANIEL CASTRO - Publicado em 22/04/2015, às 05h29

Há apenas três semanas no Jornal Nacional, o repórter Phelipe Siani, 30 anos, já virou modelo para a nova fase do telejornal, que passará a ser mais coloquial nos 50 anos da Globo. Editores têm orientado repórteres e produtores de toda a rede a se inspirarem no texto de Siani, jornalista que nos bastidores é chamado de "clone de William Bonner", por causa do topete, comparação que ele recusa.

Uma reportagem de Siani exibida pelo Jornal Nacional da última quinta-feira (16) recebeu elogios em reuniões na Globo. O repórter, avaliou-se internamente, foi capaz de transformar uma pauta sobre queda nos preços de aluguéis, um assunto potencialmente chato, em algo interessante. "Piso com madeira de verdade, sabe? Suítes espaçosas, com camas, armário embutido e banheira chique, daquelas com hidromassagem. Assim, o apartamento de cozinha com dois ambientes e 127 metros quadrados segue... juntando poeira", iniciava a reportagem.

Bons textos não são novidade na Globo, uma emissora que tem jornalistas do nível de Pedro Bial, Jorge Pontual, Renato Machado e Sonia Bridi, só para citar alguns dos veteranos. O que chama a atenção em Siani é que suas reportagens conversam com o telespectador, uma marca que a Globo procura, e são bem cobertas por imagens. Tudo é ilustrado e detalhado, e as passagens (quando o repórter aparece) fogem do padrão estático, engessado. 

Formado em jornalismo pela UniSantos, com curso de cinema na New York Film Academy, Siani entrou na Globo em 2005. No último ano de faculdade, acumulou os estudos com um programa de estágio que selecionou 11 entre 2.500 candidatos. Passou por afiliadas e pelo SBT e voltou para a Globo em 2011, como repórter local em São Paulo. Não demorou muito e virou repórter de rede, produzindo para o Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal da Globo e Fantástico. Em abril, virou exclusivo do JN.

No começo de 2011, quando ainda trabalhava no SBT de Brasília, o topete de Siani chamou a atenção da revista VIP, que colocou sua foto ao lado da de William Bonner em uma sessão chamada "Separados no Nascimento". Siani nunca curtiu a comparação. "Eu não acho [parecido com Bonner]. Minha mãe também não acha", vive repetindo aos amigos. Para evitar o apelido indesejado, Siani está agora cultivando barba e bigode.

Phelipe Siani durante gravação de reportagem sobre queda nos preços dos aluguéis


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook