Babado forte

Briga de autor da Globo e 'advogado das estrelas' vira caso de polícia

Divulgação/TV Globo

Aguinaldo Silva durante participação no Altas Horas: autor fez BO contra ex-advogado - Divulgação/TV Globo

Aguinaldo Silva durante participação no Altas Horas: autor fez BO contra ex-advogado

REDAÇÃO - Publicado em 28/08/2017, às 05h23

Foi parar na polícia a ruptura de Aguinaldo Silva e o advogado Sylvio Guerra. O autor de novelas da Globo registrou um boletim de ocorrência acusando de estelionato o "advogado das estrelas", que o defendeu durante quase uma década. Guerra irá dar o troco nesta segunda-feira (28). Ingressará no Ministério Público do Rio de Janeiro com uma representação que resultará em uma ação criminal contra Silva.

Como o Notícias da TV antecipou, Sylvio Guerra protocolou no último dia 15 uma ação civil pedindo indenização por danos morais. Ele se sentiu prejudicado pela forma como Aguinaldo Silva conduziu negociação com alunos de um curso de roteiro pela cessão dos direitos patrimoniais da novela O Sétimo Guardião, que a Globo quase cancelou para evitar processo judicial questionando a autoria.

"Aguinaldo Silva foi desonesto comigo ao tomar a medida de adicionar um aditivo ao meu contrato. Simplesmente, ele contratou outro advogado, percebe-se claramente que a conduta adotada por ele constitui grave dano moral para comigo", disse Guerra, no último sábado, ao site NaTelinha, que revelou em primeira mão, em maio, que os direitos da sinopse de O Sétimo Guardião estavam sendo questionados por ex-alunos de Silva.

A origem da desavença entre Silva e Guerra está em 2010, quando o autor ministrou uma primeira master class a roteiristas. Desse exercício de elaboração de sinopse e desenvolvimento de personagens surgiu Fina Estampa, em 2011. Ao NaTelinha, Guerra disse que sugeriu a Silva que celebrasse um contrato de cessão patrimonial com seus alunos.

O autor, no entanto, não teria acatado a sugestão. Para viabilizar Fina Estampa, a Globo contratou todos os 15 alunos da master class como autores colaboradores.

O mesmo erro teria ocorrido no final de 2015, quando Silva promoveu em Petrópolis (RJ) a master class número 3, que resultou na sinopse da novela O Sétimo Guardião. A Globo, desta vez, não admitiu a hipótese de contratar os alunos de Silva.

Guerra e Silva em imagem que ilustra texto em que o autor de novelas agradece ao advogado em seu blog

O autor, então, procurou todos os seus ex-alunos e ofereceu os R$ 4.000 que eles pagaram de volta, corrigidos, desde que assinassem um aditivo de cessão de direitos patrimoniais pelos trabalhos realizados na master class. Silva conseguiu apresentar novos documentos dentro do prazo estipulado pela Globo e salvou a novela.

Sylvio Guerra, advogado de famosos como Susana Vieira, Thiago Lacerda e Danielle Winits, não ficou nada satisfeito com o encaminhamento e com o desfecho do caso. Gostou menos ainda de se ver substituído por outro profissional do direito.

Viu sua imagem sofrer desgaste justamente no mercado em que ganhou fama, o dos atores da Globo. Decidiu entrar com uma ação contra Silva pedindo indenização por danos morais. A ação foi distribuída à 17ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

A informação de que Aguinaldo Silva registrou boletim de ocorrência contra Guerra foi publicada sábado pela coluna de Ancelmo Gois no jornal O Globo. Não foram revelados detalhes além do suposto crime, o de estelionato.

Para Guerra, o simples fato de a notícia ter vazado já justifica um processo criminal contra o autor de Império (2014) e Senhora do Destino (2004).

"Eu estarei entrando com uma ação penal contra Aguinaldo Silva por calúnia e difamação por ele ter plantado uma nota leviana, falsa, sobre minha pessoa, que sou um profissional do direito com 35 anos de carreira", disse ao NaTelinha. Procurado pelo Notícias da TV, Guerra reafirmou as declarações.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook