Bastidores

Bonner promove repórter que levou 'chinelada' de Barack Obama

Reprodução/TV Globo

Sandra Coutinho em Nova York, dia 2, em sua primeira reportagem como colaboradora oficial da Globo - Reprodução/TV Globo

Sandra Coutinho em Nova York, dia 2, em sua primeira reportagem como colaboradora oficial da Globo

DANIEL CASTRO - Publicado em 06/07/2015, às 05h47

Vítima de uma "chinelada" do homem mais poderoso do mundo, a repórter Sandra Coutinho foi imediatamente promovida pela Globo. Desde a última quinta-feira (2), a correspondente da Globo News nos Estados Unidos também trabalha para a TV Globo, principalmente para o Jornal Nacional. A promoção foi articulada em prazo recorde por William Bonner. Internamente, foi vista como uma resposta às críticas de petistas à jornalista, que fez uma pergunta incômoda para Dilma Rousseff, respondida por Barack Obama.

"Chinelada" é uma gíria de jornalistas para classificar uma resposta constrangedora _e todo bom ou mau jornalista já levou uma. Sorteada para fazer perguntas em entrevista coletiva de Obama e Dilma, na quarta-feira (1º), Sandra assim se dirigiu à presidente brasileira. "O Brasil se vê como um ator global e liderança no cenário mundial, mas os EUA nos veem como uma potência regional. Como você concilia essas duas visões?".

Obama interveio e respondeu no lugar de Dilma: "Bom, eu na verdade vou responder em parte a questão que você acabou de fazer para a presidente [Dilma]. Nós vemos o Brasil não como uma potência regional, mas como uma potência global". E completou: "O Brasil é um grande ator global e eu disse para a presidente Dilma na noite passada que os Estados Unidos, por mais poderosos que nós sejamos, e por mais interessados que estejamos em resolver uma série de problemas internacionais, reconhecemos que não podemos fazer isso sozinhos".

A "chinelada" de Obama teve grande repercussão nos blogs petistas. Em um deles, Sandra Coutinho foi descrita como protagonista de um "vexame".

Bonner começou a articular a promoção de Sandra no mesmo dia. As vozes contrárias disseram que a Globo já tem correspondentes demais nos Estados Unidos _são quatro em Nova York e um em Washington_ e que nomear mais uma poderia gerar conflitos. Mas Bonner, talvez o homem mais influente do jornalismo da Globo na atualidade, venceu a parada.

No JN de quinta-feira, Bonner chamou uma reportagem de Sandra Coutinho e anunciou que ela passaria a partir daquele dia a "colaborar também com o jornalismo da TV Globo". Sandra estreou diretamente de Nova York falando de tensão em Washington às vésperas do Dia da Independência dos Estados Unidos. 

Resposta às críticas petistas ou tentativa de faturar com a "chinelada", o fato é que a promoção de Sandra Coutinho foi muito bem vista nos bastidores da emissora. Sandra é considerada uma ótima jornalista, que trabalha muito e que tem boa imagem pública. E todo mundo na Globo sabe que os Estados Unidos veem o Brasil, sim, apenas como uma potência regional.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?
Nicole Bahls e Marcelo Bimbi. Me divirto com as confusões dela e a irritação dele.
48.90%
André Coelho e Clara Maia. São focados no jogo e são os mais bonitos.
5.58%
Lucas Salles e Camila Colombo. São os mais fofos e engraçados.
8.64%
Daniel Saullo e Mariana Felício. Parceiros demais, têm tudo para vencer o reality.
36.88%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook