Tela sangrenta

Babilônia desvenda crime brutal; veja 7 mortes cruéis da TV em 2015

Fotos Reprodução/TV Globo/HBO/AXN/MTV

Bruno Gagliasso (Murilo) em cena da sua morte em Babilônia; assassinato s desvendado hoje (28) - Fotos Reprodução/TV Globo/HBO/AXN/MTV

Bruno Gagliasso (Murilo) em cena da sua morte em Babilônia; assassinato s desvendado hoje (28)

MÁRCIA PEREIRA e JOÃO DA PAZ - Publicado em 28/08/2015, às 05h37

Personagens da teledramaturgia, vilões ou mocinhos, surgem em cena sangrando até a morte. Crimes cruéis coroam os desfechos de séries na TV paga. Essa também é a estratégia do último capítulo de Babilônia, que a Globo exibe hoje (28) à noite. Quem matou Murilo (Bruno Gagliasso) de forma tão original, com um furador de gelo no meio de uma pista de dança? 

Os contornos policialescos dos últimos capítulos da trama escrita por Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga seguem uma tendência que o telespectador viu em True Detective 2, Scream, Hannibal, Wayward Pines e Game of Thrones neste ano, produções americanas que fazem sucesso no mundo todo. A microssérie Felizes para Sempre?, da Globo, também trouxe um final eletrizante revelando a autoria do assassinato de Danny Bond (Paolla Oliveira) na última sequência.

Mauro Alencar, doutor em teledramaturgia brasileira e latino-americana pela Universidade de São Paulo (USP) e membro da Academia Internacional de Artes e Ciências da Televisão de Nova York (EMMY), diz que a morte de Murilo foi inédita nas novelas brasileiras. "Reflete vários aspectos obscuros da psique humana. Foi uma morte condizente com o todo apresentado durante a novela", afirma.

As novelas são obras abertas, escritas enquanto são consumidas pelo público. O desfecho delas muitas vezes sofre a manipulação da opinião dos telespectadores. Transformar a arte de contar histórias em uma indústria de entretenimento, no aspecto comercial, é adaptar a literatura ao gosto do cliente. Conclui-se, então, que o telespectador quer violência, mas não pura e gratuita, deseja ver algo que o surpreenda.

Personagem de Bruno Gagliasso caído morto na pista de dança com furador de gelo

"São estratégias pontuais. Cassiano Gabus Mendes resolveu matar a babá Nice [Susana Vieira] em Anjo Mau, em 1976, e ponto final. Normalmente, o que termina ocorrendo é o autor contar a sua história e, vez ou outra, atender à uma expectativa maior do público, pois no caso _ainda mais nos tempos de hoje_ punir os vilões seria uma bela catarse", comenta Mauro Alencar.  

Nem sempre o desfecho é como o público quer, mas busca surpreender e marcar como foi a morte do comendador José Alfredo (Alexandre Nero) em Império. Em março, os noveleiros pediram para ele não morrer, mas Aguinaldo Silva não mudou o destino do protagonista. Os últimos capítulos da trama também seguiram os moldes de cenas de ação e muita violência como está acontecendo em Babilônia.

Veja as mortes mais impactantes, originais e cruéis da TV em 2015:

[Atenção: spoilers]

O ator Enrique Diaz aponta arma para Maria Fernanda Cândido, com Paolla Oliveira no chão

Ciúme ou queima de arquivo? (Felizes para Sempre?)

A morte da garota de programa vivida por Paolla Oliveira encerrou a minissérie Felizes para Sempre? com mistério. A cena dramática do assassinato começa com Danny Bond sendo ameaçada por Joel (João Baldasserini), que divulgara um vídeo em que ela aparece transando com Cláudio (Enrique Diaz). As imagens provam a traição a Marília (Maria Fernanda Cândido), por quem a garota de programa se apaixonara. Bond finge que vai entregar documentos para incriminar o Cláudio, mas aponta uma arma para Joel, dizendo que não trairá Marília mais uma vez. Nesse momento, ela leva um tiro na cabeça. Marília e Cláudio aparecem diante do corpo, ambos armados, mas a autoria do disparo permanece obscura. No fim da sequência, o empreiteiro ameaça atirar na mulher, indicando que ela matou Bond, mas é detido por policiais.

Personagem de Vince Vaughn em True Detective 2 agoniza no deserto até sucumbir 

Agonia no deserto (True Detective 2)

Para compensar a enxurrada de críticas à segunda temporada de True Detective (HBO), por causa da trama confusa, o último episódio teve uma cena elogiosa, quase poética. A morte de um dos protagonistas, o criminoso Frank Semyon (Vince Vaughn), levou o telespectador a um passeio pelo purgatório do personagem. Após ser esfaqueado em um deserto na Califórnia e abandonado por gângsters mexicanos, Frank crê que, mesmo agonizando, vai conseguir sobreviver. Começa a caminhar lentamente, arrastando uma das pernas, em busca de uma saída. No trajeto, enquanto deixa um rastro de sangue, discute com os fantasmas do pai, que abusou dele na infância, de um ex-funcionário que ele torturou e matou, e de um grupo de criminosos. No final, ele encontra a mulher que ama. "Agora você pode descansar", ela diz. "Não, nunca vou descansar", ele retruca. A mulher, então, manda Frank olhar para trás. Ele olha e vê seu corpo ao chão.

Connor Weil e Willa Fitzgerald em Scream; sangue de personagem cobriu corpo da mocinha

Cortado ao meio (Scream)

A série Scream, exibida nos Estados Unidos pela MTV e ainda inédita no Brasil, está seguindo a linha da franquia do cinema Pânico: muitas mortes e um assassino desconhecido (ou será que são dois?). Do primeiro ao nono episódio, cinco personagens foram mortos pelo serial killer da série. A mais emblemática foi a de Will Belmont (Connor Weil), ex-namorado da protagonista Emma Duval (Willa Fitzgerald). Ela cai em uma armadilha do matador mascarado: vê Will amarrado em uma cadeira e um trator agrícola atrás dele. Ao correr para salvá-lo, Emma tropeça em uma linha que aciona o acelerador do veículo. Isso faz com que a serra do trator corte o rapaz ao meio e o sangue dele jorre em cima dela.

Hannibal (Mads Mikkelsen) ousou na execução de um inimigo: forca e barriga aberta

Entranhas no chão (Hannibal)

A última temporada de Hannibal (AXN) não está decepcionando os fãs ávidos por sangue, suspense e mortes espetaculares. No crime mais impactante da estação, Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen) captura o detetive italiano Rinaldo Pazzi (Fortunato Cerlino), que o vinha perseguindo. O serial killer escolhe uma despedida cruel para Pazzi: decide enforcar o policial com um fio. Antes de jogá-lo de uma varanda, Hannibal corta a barriga da vítima. Assim, logo quando o corpo da vítima se pendura, entranhas do detetivem caem no chão, em uma imagem chocante.

Terrence Howard corta o pescoço de Juliette Lewis em episódio da minissérie Wayward Pines

Morte como espetáculo (Wayward Pines)

A passagem de Juliette Lewis em Wayward Pines (Fox) foi curta, apenas dois episódios. Numa espécie de palco, no meio da noite, o xerife Arnold Pope (Terrence Howard) cortou o pescoço da garçonete perante todos os moradores da estanha cidade que dá título à produção. Imediatamente, os espectadores começaram a comemorar a morte da moça, já que ela violara uma lei sagrada e obedecida por todos: não falar sobre o passado. E quase ninguém a considerou vítima de um crime. Ao contrário, para a "opinião pública", foi suicídio.

Personagem de Kit Harington em Game of Thrones morre no final da quinta temporada

Traído! (Game of Thrones)

As mortes de protagonistas em Game of Thrones são sempre polêmicas, mas nenhuma causou tanta raiva nos fãs da série quanto a de Jon Snow (Kit Harington), um dos personagens mais queridos pelo público. No episódio final da quinta temporada, encerrada em junho, ele foi apunhalado seis vezes por integrantes da Patrulha da Noite, ordem militar da qual era comandante. Snow foi encurralado pelos seus subordinados, que o acusaram de traição ao fazer aliança com um povo rival. Com o peito todo ensanguentado, o filho bastardo da família Stark foi deixado na neve para morrer sozinho.


Colaborou ODARA GALLO


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook