Reconciliação

Ator de Quico lamenta não ter feito as pazes com criador de Chaves

Odenir Rocha/SBT

O ator mexicano Carlos Villagrán interpreta Quico no palco do Domingo Legal, programa do SBT - Odenir Rocha/SBT

O ator mexicano Carlos Villagrán interpreta Quico no palco do Domingo Legal, programa do SBT

PAULO PACHECO - Publicado em 03/12/2014, às 14h21

Carlos Villagrán, o Quico da série Chaves, lamentou não ter tido tempo de se reconciliar com Roberto Gómez Bolaños, criador do programa mexicano, morto na última sexta (28). Em sua página no Facebook, o ator publicou um texto de sua mulher, Becky Palacios, relembrando o último encontro com Bolaños, em 2000. "Muitos quiseram que isto acontecesse novamente, mas não deu", escreveu.

Villagrán reencontrou e beijou Roberto Gómez Bolaños em 1° de abril de 2000, mais de 20 anos após a saída de Quico do programa, durante uma homenagem ao comediante realizada pela rede mexicana Televisa, produtora da série. Apesar da aparente reconciliação, o ator jamais voltou a falar com o criador de Chaves e foi barrado no evento América Celebra a Chespirito, também homenageando Bolaños, em 2012.

Resignado, o ator publicou que Chaves, do Céu, fez com que ele abraçasse Florinda Meza, a Dona Florinda e viúva de Bolaños, no velório do comediante, no último sábado (29), após mais de 35 anos brigados.

Carlos Villagrán deixou Chaves em 1978, após ter recebido uma oferta de um programa solo na Venezuela, e trocou a grafia do nome do personagem (Kiko, com K). Ele chegou a acusar Florinda Meza, com quem namorou no início das gravações da série, de ter influenciado Bolaños a tirar espaço de Quico no programa. A atriz iniciou um romance com o comediante em 1977 e se casaram em 2004.

Eis a mensagem:

"Isto escreveu Becky Palacios, mas resume um pouco dos últimos [anos] que vivi com Chaves. Aqui começa a mensagem: 'Nestas fotos, há uma história: aquele dia, em 2000, Carlos e Don Roberto puderam dar um abraço e um beijo, com o grande carinho que dois amigos tinham guardado para um momento como este. Apesar de sua presença ter sido barrada, não podiam impedir que o carinho e a emoção de voltarem a se encontrar se tornasse evidente e palpável. Foi um grande momento!'", publicou Carlos Villagrán.

"Muitos quiseram que isto acontecesse novamente, mas não deu. Apesar disso, sei que Chaves, Chapolin ou Don Roberto fizeram o possível para que seus amigos Kiko e Carlos o estivessem acompanhando em sua despedida, a melhor viagem de sua história, para seguir criando risadas e amor entre os anjos. Assim também, para que através de sua mulher, Florinda, chegasse a Carlos con um grande abraço de amigos. Descanse em paz!", concluiu.

Quico relembra beijo em Chaves e abraço em Dona Florinda (Reprodução/Facebook)


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você achou justa a eliminação de Fábio Alano do BBB19?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook