Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRAUMA

Após morte de Marília Mendonça, Luciano Huck relembra acidente: 'Renasci'

Reprodução/GloboNews

Luciano Huck durante participação no canal GloboNews

Luciano Huck durante participação no canal GloboNews; apresentador sofreu acidente aéreo em 2015

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 5/11/2021 - 21h08

Luciano Huck foi o convidado especial da GloboNews para conversar com o jornalista César Tralli sobre a cantora Marília Mendonça (1995-2021), que morreu após um acidente de avião em Minas Gerais nesta sexta-feira (5). Emocionado, o apresentador do Domingão relembrou a sua experiência com um incidente aéreo ocorrido em 2015.

Na ocasião, Huck voava com a mulher, Angélica, os três filhos (Joaquim, Benício e Eva) e duas babás para gravar um programa especial do extinto Estrelas (2006-2018), no Pantanal. Após um defeito na aeronave, o piloto precisou fazer um pouso de emergência em uma fazenda. Apesar do susto, ninguém ficou gravemente ferido.

"Eu nasci duas vezes. Primeiro eu nasci e depois eu renasci em 25 de maio de 2015. Quando eu vi a imagem do avião, a coisa mais impressionante é a energia que aquilo movimenta. É uma energia enorme, um barulho ensurdecedor", contou Huck.

De acordo com o relato do apresentador, sua família viveu momentos de tensão antes de a aeronave na qual estavam tocar o solo. Uma sensação que, segundo Huck, nunca mais irá esquecer.

Tem uma coisa que todo mundo sentiu quando a gente fez o pouso de emergência. Antes de tocar no chão, a gente sentiu um silencio e depois um barulho violentíssimo. Foi em um pasto, o avião ficou batendo muito tempo no chão antes de parar. Mas antes disso houve um silêncio absoluto, eu nunca vou esquecer.

Sobre a tragédia envolvendo Marília Mendonça, Huck exaltou a carreira da cantora e disse que o Brasil inteiro está de luto. Para ele, a forma como a artista morreu foi "banal".

"O Brasil está chorando mais uma vez. Era uma menina muito jovem, talentosa, com um filho muito pequeno. Partiu de um jeito banal, estúpido. Fica a lembrança da artista que ela era. Tentar confortar os fãs, a família e o filho. E pensar que há uma linha muito tênue entre viver e não viver", prosseguiu.

Antes de se despedir de Tralli, o marido de Angélica destacou a importância de Marília Mendonça para a música sertaneja e sua representatividade para as mulheres da indústria. Aos fãs, Huck pediu que honrem o legado da cantora como pessoa e como artista.

"É uma tristeza sem tamanho. No legado para a música, Tralli, acho que em um universo tão masculino quanto o do sertanejo, ela acabou desbravando e virou ponta de lança para trazer o ponto de vista da mulher. É o legado mais importante dela, ter contribuído para que esse universo ficasse mais plural e as mulheres se sentissem representadas. Ela é inspiração para meninas do Brasil afora. Que a gente honre o legado que ela deixou", concluiu.

Marília Mendonça morreu aos 26 anos após seu avião cair em Minas Gerais. A cantora deixa um filho, Léo Mendonça Huff, de um ano e 11 meses, fruto de seu relacionamento com Murilo Huff. A tragédia também vitimou o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da artista Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

O apresentador também foi às redes sociais para lamentar a morte de Marília Mendonça:


Leia também

Enquete

Você acha que a edição 2022 de No Limite vai superar a do ano passado?

Web Stories

+
Pão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na tramaEnquete: Barraqueiro x Sem graça - Vote no casal que vai gerar caos no Power Couple

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas