Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FALTOU CUIDADO

Câmera chega perto demais e reforça defeitos do Power Couple nas TVs 4K

REPRODUÇÃO/RECORD

Porta de um dos quartos do Power Pouple revela problemas com o acabamento da mansão

Pintura irregular e madeira descascando: problemas ficam mais evidentes nas telas grandes

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 25/6/2022 - 6h20

De um deslize na maquiagem a uma pequena falha no cenário, qualquer defeito fica ainda mais evidente quando exibido em uma TV de tela grande com resolução 4K, sonho de consumo dos brasileiros. Pior ainda se a câmera chegar perto demais, como aconteceu nesta semana no Power Couple Brasil.

Ao fechar a imagem no nome do quarto e na foto do casal escolhido para ocupá-lo, câmera revelou um certo descuido da produção com a pintura das portas da Mansão Power. E detalhe: o vacilo se repetiu na hora de mostrar a entrada dos quartos Montanha e Selva. No primeiro, a situação está pior. Além da pintura duvidosa, a base de madeira que recebe o suporte com a foto dos participantes está descascando.

Em casa, qualquer telespectador mais atento conseguiu ver que o acabamento não é o forte da produção da Record. E quanto maior a tela e a resolução da TV, mais os defeitos chamam a atenção.

Hoje, os canais abertos transmitem sua programação em resolução Full-HD (1.920 por 1.080 pixels), que é adotada como padrão na TV digital e canais pagos de alta definição. É também a opção mais comum entre os conteúdos dos serviços de streaming.

Quando uma TV com resolução 4K (3.840 por 2.160 pixels, que é quatro vezes superior à Full-HD, exibe uma atração de definição inferior, como o Power Couple, o aparelho utiliza a inteligência artificial para melhorar a qualidade da imagem. Isso é possível graças ao recurso de upscaling, que simula automaticamente imagens Ultra-HD a partir de qualquer conteúdo exibido na tela e está presente em todos os televisores de altíssima resolução.

divulgação

TVs 4K têm recursos para melhorar a imagem

Fica pior na tela grande

Nas telas 4K acima de 50", a experiência com o upscaling é ainda melhor, permitindo que a TV faça ajustes automáticos de contraste, cor e brilho de acordo com o programa, o tipo de conteúdo e até a luminosidade do ambiente. "As TVs mais avançadas trazem processador e ajustes precisos que permitem deixar uma imagem Full-HD com qualidade próxima à de um conteúdo original em 4K", explica Alex dos Santos, especialista em TVs há mais de 20 anos.

Se, por um lado, a tecnologia ajuda a deixar a imagem mais nítida, por outro, só reforça e destaca qualquer defeito que apareça, principalmente nas telas grandes. Certamente, a falta de cuidado com a pintura das portas do Power Couple saltou menos aos olhos dos telespectadores que assistem ao programa em televisores menores, de 32 ou 40 polegadas, e com resolução mais modesta.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.