Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

GLOW

Vencedora do Oscar, Geena Davis se junta a elenco de série da Netflix; veja foto

Reprodução/ABC

Geena Davis durante participação no drama médico Grey's Anatomy: ela agora fará Glow na Netflix - Reprodução/ABC

Geena Davis durante participação no drama médico Grey's Anatomy: ela agora fará Glow na Netflix

REDAÇÃO

Publicado em 10/6/2019 - 13h18

Geena Davis, ganhadora do Oscar de melhor atriz coadjuvante em 1989 pelo filme O Turista Acidental (1988), vai se juntar ao elenco da série Glow, cuja terceira temporada estreia em 9 de agosto na Netflix. Nos últimos anos, Geena deu um tempo no cinema e tem se mais dedicado à TV: ela atuou em Grey's Anatomy e O Exorcista (2016-2018).

Segundo o site Deadline, a atriz aparecerá em pelo menos cinco dos dez episódios da nova temporada na pele de Sandy Devereaux St. Clair, diretora de entretenimento do cassino Fan-Tan, em Las Vegas, onde as lutadoras da série farão shows.

Geena Davis como Sandy St. Clair na terceira temporada de Glow (Foto: Ali Goldstein/Netflix)

Glow não será a única atração da Netflix a contar com Geena na próxima temporada. Ela também vai dublar Huntara na animação She-Ra e as Princesas do Poder. A personagem lidera o povo do Deserto Escarlate, que precisará ajudar Adora, Cintilante e Arqueiro em uma missão.

Uma das atrizes mais promissoras no fim dos anos 1980, Geena começou a década de 1990 com o sucesso Thelma & Louise (1992), que lhe rendeu outra indicação ao Oscar. Mas sua carreira deu uma guinada para pior ao estrelar A Ilha da Garganta Cortada (1995), um dos maiores fracassos da história do cinema norte-americano.

Depois disso, ela passou a trabalhar cada vez menos. Foi protagonista de duas séries: a comédia The Geena Davis Show (2000-2001) e o drama Commander in Chief (2005-2006), no qual interpretou a primeira mulher a presidir os Estados Unidos. Ambas duraram apenas uma temporada cada.

Luta livre

Indicada ao Emmy de melhor comédia no ano passado, Glow conta a história de Ruth Wilder (Alison Brie), uma atriz frustrada que encontra um novo rumo para a carreira ao entrar para uma liga de luta livre feminina, a Glow (Gorgeous Ladies of Wrestling).

A atração criada por Liz Flahive e Carly Mensch é baseada em uma liga que existiu de verdade. A Glow era um sucesso na década de 1980 e chegou a ser exibida no Brasil pelo SBT, com o nome Luta Livre de Mulheres.

Além das lutas encenadas, a atração chamava a atenção por apresentar as atrizes em esquetes divertidas. As profissionais também cantavam raps em que falavam um pouco sobre cada uma delas.

Pela atuação em Glow, Alison Brie foi indicada duas vezes ao Globo de Ouro e Betty Gilpin concorreu ao Emmy. O elenco todo também foi nomeado ao Screen Actors Guild em 2018 e 2019.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?