1 Contra Todos

Série da Fox tem diretor de cinema e trama de Orange is the New Black

Reprodução/Fox

O ator Julio Andrade, que interpreta Cadu, o protagonista da série 1 Contra Todos - Reprodução/Fox

O ator Julio Andrade, que interpreta Cadu, o protagonista da série 1 Contra Todos

FERNANDA LOPES - Publicado em 17/06/2016, às 05h29

Depois do sucesso no cinema com filmes como Dois Filhos de Francisco e Gonzaga - de Pai para Filho, o diretor Breno Silveira tem uma nova história real para contar, desta vez, na TV. Estreia nesta sexta-feira (17), no canal Fox Action, e na segunda (20), na Fox, a série 1 Contra Todos, que conta a trajetória de um homem honesto que é preso e precisa aprender a sobreviver em uma cadeia lotada. A trama lembra a série Orange is the New Black, que estreia a quarta temporada hoje. Na produção da Netflix, a protagonista Piper (Taylor Schilling) também teve que entender como funciona o sistema prisional e lidar com suas colegas de xadrez.

Uma diferença fundamental entre as tramas é que, em 1 Contra Todos, que terá oito episódios na primeira temporada, o personagem principal é inocente. Cadu, interpretado por Julio Andrade, 37 anos, é um advogado de Taubaté, cidade do interior de São Paulo. Sua mulher está grávida do segundo filho, e o casal está reformando um quarto da casa para receber o bebê. Durante a obra, um pedreiro esconde no telhado algumas toneladas de drogas, que são encontradas em uma busca policial. Cadu é detido e identificado como um chefão do tráfico.

As cenas de Cadu na prisão foram gravadas no Instituto Municipal Nise da Silveira, no Rio de Janeiro, que no início do século 20 funcionava como um hospício. "Eu queria entrar sem ter essa preparação com presídio, queria chegar lá e ver como era mesmo. O que trabalhei muito nesse personagem foi a ética, a forma como ele se comporta com a família", diz Andrade.

divulgação/produção carioca

O diretor Breno Silveira, de cabelo grisalho, com Julio Andrade em bastidor de 1 Contra Todos

Ao longo da série, o personagem se transforma. Ele começa a agir como se fosse de fato um criminoso e passa a chefiar a prisão. Cadu passa a controlar a entrada de drogas e amedronta até o diretor da penitenciária, Demóstenes (Adriano Garib). O cidadão pacato dá lugar a um homem agressivo. Para o ator, a cena em que o personagem tem uma síncope após usar drogas e bate em um companheiro de cela foi a mais difícil de fazer.

O elenco de 1 Contra Todos é quase todo masculino, com destaque para as atuações de Garib, que participou da novela Salve Jorge (2012), e de Stepan Nercessian, que interpreta um apresentador de TV sensacionalista. A única atriz é Julia Ianina, que faz o papel de Malu, mulher de Cadu.

"Ela é uma fortaleza para ele. Dá uma força emocional e é a âncora da família, mas também bota a mão na massa e faz o que tiver que fazer para que ele sobreviva na cadeia. Ela é uma personagem feminina bem forte, é o olhar dele [Cadu, o protagonista] do lado de fora", explica a atriz.

O diretor Breno Silveira acredita que 1 Contra Todos conseguirá levar emoção ao telespectador. "Apesar de a gente trabalhar com adrenalina, com uma produção grande, é uma série emocional. Creio que isso possa atingir todo mundo. Foi duro, sofrido, mas tive um prazer imenso de trabalhar com série, que é outra linguagem", comenta. A segunda temporada já está confirmada e começa a ser gravada em novembro.

Divulgação/Fox

Cadu (no centro) e seus colegas de prisão da série 1 Contra Todos, que estreia sexta-feira (17)

Cinema na TV

Silveira não revela suas fontes, mas afirma que a história de Cadu aconteceu mesmo em uma cidade brasileira. Ele confessa que a ideia inicial era fazer um filme sobre o assunto, mas hoje não consegue imaginar a trama em outro formato senão o de série de TV.

"O cinema começou a ficar tão preocupado com o público que eu vejo que hoje as séries conseguem ser mais inteligentes, ter mais liberdade. De alguma forma, [o cinema] fica mais refém de bilheteria, e eu acho que esse não é um fenômeno só brasileiro. O cinema se engessou, e os roteiristas e diretores bacanas estão indo para a TV. Foi isso que me instigou, você pode criar mais. O que a gente começa a pensar é 'E agora, como eu faço para filmar uma história em duas horas?'", brinca.

O protagonista Julio Andrade afirma que seu "lance é cinema": fez papéis de destaque em Batismo de Sangue (2007), Meu Tio Matou um Cara (2004) e Gonzaga – De Pai pra Filho (2012), em que interpretou Gonzaguinha. Na TV, já teve personagens coadjuvantes em novelas como Caminho das Índias (2009) e Passione (2010), da Globo, mas enxerga problemas nesse formato de narrativa. "Na novela, você fica naquilo que não sai do lugar, as cenas se repetem. Linguagem de televisão às vezes não tem muito acabamento nas interpretações", opina.

Prestes a voltar à TV aberta em Justiça, da Globo, ele considera que as séries trazem o melhor do cinema para a televisão. "Série é bacana porque tem sempre esse gancho para o segundo, terceiro, quarto episódio; é muito direta. Um filme já é uma obra fechada. Em uma série, você tem a possibilidade de fazer um filme por episódio", declara.


Programa: 1 Contra Todos. Estreia: 17/3, na Fox Action

Quando e Onde: sextas, às 23h, na Fox Action; segundas, às 22h30, na Fox


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook