CORONAVÍRUS

Saiba por que Hollywood ainda não voltou a produzir séries mesmo com reabertura

DIVULGAÇÃO/ABC

Dentro de um hospital, Freddie Highmore aparece de máscara cirúrgica que cobre nariz e boca em cena de The Good Doctor

Freddie Highmore na terceira temporada de The Good Doctor; drama tem data marcada para retomar gravações

JOÃO DA PAZ - Publicado em 21/07/2020, às 07h00

Desde 12 de junho, Hollywood oficialmente reabriu. As autoridades sanitárias de Los Angeles e da Califórnia permitiram que qualquer produção volte a ser gravada, após três meses de paralisação. Mas há um entrave que impede o retorno a todo vapor: testes para detectar o novo coronavírus (Covid-19). A complexidade é de nível trabalhista.

Sindicatos e produtoras ainda não se acertaram sobre o que fazer com um colaborador de uma série caso ele teste positivo para a doença. O lado que representa os trabalhadores pede que o funcionário fique de licença médica remunerada. Já os estúdios se posicionam contra essa medida, dizendo ser melhor aplicar uma suspensão definitiva.

Caso a alternativa dos sindicatos prevaleça, as produtoras estariam pagando dois funcionários para contar com a mão de obra de um. O profissional de licença e aquele que o substituirá entrariam na folha salarial. Se houver algum tipo de contágio ou isso ocorrer em várias séries, os patrões ficariam no prejuízo.

Outros imbróglios estão no debate e precisam de uma resolução, como frequência e qual o tipo de teste a ser realizado. Particularmente, o sindicato dos atores exige que ao menos o elenco fixo e regular de cada atração façam os exames diariamente.

Há alguns pormenores em campo nesse jogo, como se o responsável médico escalado para fiscalizar os bastidores de uma série, de olho no cumprimento do protocolo sanitário contra o coronavírus, seja sindicalizado ou não.

Data na agenda

Esses impasses tendem a ser acertados o quanto antes e não devem atrasar os lançamentos da fall season, temporada de estreias entre setembro e outubro. Isso, claro, se ao menos no mês que vem as principais produções da TV norte-americana começarem as gravações de novos episódios.

Desse plantel, há duas que estão com a data de volta marcada --mas dependem de acordos com os sindicatos. O drama médico The Good Doctor (Globo, Sony, Globoplay) pretende iniciar o expediente da quarta temporada em 4 de agosto (em Vancouver, no Canadá). E a atração policial S.W.A.T. (Globo, Globoplay, Fox Life) quer ligar as câmeras no mesmo dia, na cidade de Los Angeles. Caso a aprovação seja dada, testes para Covid-19 serão feitos nos próximos dias

Até o momento, só duas novelas estão sendo gravadas na Califórnia. A primeira a enfrentar a atual pandemia foi The Bold and The Beautiful (CBS), que aplica testes nos colaboradores e atores toda segunda-feira; as gravações são de terça a sexta.

O estúdio de TV da Sony, que faz The Good Doctor, trata como sucesso os trabalhos do folhetim The Young and the Restless (CBS), retomados há uma semana; quer levar o modelo até o Canadá para a série protagonizada por Freddie Highmore. Já a novela General Hospital (ABC) está com o regresso agendado para esta semana. 

Assim como no Brasil, nos EUA são os próprios Estados que determinam o que pode ou não pode funcionar durante a quarentena. Nova York, por exemplo, autorizou o retorno de produções de entretenimento a partir desta segunda-feira (20). Na Géorgia, um polo de audiovisual importantíssimo no país, já tem série ativa em um lugar recluso e sob vigilância intensa.

O plano do cineasta Tyler Perry foi de puro êxito no seu enorme estúdio em Atlanta, local onde The Walking Dead é gravada, e ele começou a produzir a segunda temporada da série Sistas desde a semana passada. Quando o último "corta" ecoar, outra atração entra em cena, The Oval. Ambas as tramas são do canal BET.

Para tanto, Perry bolou uma estratégia minuciosa, com direito a confinamento do elenco e viagens em jatos particulares para o estúdio. Testes a todo momento serão feitos com todo mundo que entrou no complexo de 1,33 km². Por enquanto, tudo segue sem nenhuma ocorrência de coronavírus na equipe.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook