Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Sucesso e decepção

No último episódio, Two and a Half Men cresce 46%, mas frustra fãs

Reprodução/CBS

O ator Ashton Kutcher olha para a câmera em cena do episódio final de Two and a Half Men - Reprodução/CBS

O ator Ashton Kutcher olha para a câmera em cena do episódio final de Two and a Half Men

REDAÇÃO

Publicado em 20/2/2015 - 15h05

A expectativa em torno de uma possível reaparição de Charlie Sheen em Two and a Half Men acabou gerando uma boa audiência para a rede norte-americana CBS, que exibiu o episódio da série na noite de ontem (19). Foram 13,2 milhões de telespectadores ligados na despedida da comédia nos Estados Unidos, um crescimento de 46% em relação à média de audiência da 12ª e última temporada da série (9,07 milhões de telespectadores por episódio). Parte do público, porém, ficou frustrada com a ausência do astro maior da atração, que acabou aparecendo apenas em uma animação.

Um norte-americano que se identificou no Twitter como James Brown postou que o "final de Two and a Half Men foi decepcionante". "Um episódio muito ruim e apenas mais uma afronta aos fãs de Charlie Sheen", protestou. "É incrível como Two and a Half Men ficou ruim desde a saída de Charlie Sheen, e ainda por cima eles nem conseguiram trazê-lo para o episódio final", reclamou Tommy Bezreh.

A brasileira Suzy Scarton também lamentou o encerramento da produção: "Se eu fosse fã de Two and a Half Men, estaria indignada com esse final. Que grande bobagem". Já Helena Constantino resumiu o sentimento dos antigos fãs da série: "Ridículo esse fim de Two and a Half Men. Só assisti para ver se ia ter Charlie [Sheen]."

Apesar da chiadeira, os 13,2 milhões de telespectadores conquistados colocam Two and a Half Men como o melhor final de uma série de comédia dos últimos cinco anos, ultrapassando em 70 mil telespectadores o encerramento de How I Met Yout Mother, em março do ano passado. O final de Two and a Half Men será exibido no Brasil, pela Warner, no próximo dia 5.

Charlie Harper em animação

No lugar de Charlie Sheen, os produtores de Two and a Half Men colocaram uma animação de seu personagem, o mulherengo Charlie Harper. O desenho surgiu quando a mulher dele, Rose (Melanie Lynskey), confessou que havia mentido sobre a morte Harper, quatro anos atrás. O milionário estava vivo, preso em um calabouço, mas conseguiu fugir e enviou uma mensagem para o irmão, Alan (Jon Cryer), avisando que voltaria à mansão.

Na sequência, um figurante representando Charlie Harper, de costas, caminhou até a casa de praia e tocou a campainha. Antes de alguém abrir a porta, um piano caiu na cabeça do personagem e o matou. O produtor da série, Chuck Lorre, explicou que Sheen foi convidado para fazer a cena, mas o ator não teria gostado do texto e recusado a participação.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.62%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%