Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

The English Game

Netflix prepara minissérie sobre os primeiros chutes do futebol na Inglaterra

Divulgação

Jogadores do clube Corinthian FC, que deu origem ao Corinthians, em partida no fim do século 19 - Divulgação

Jogadores do clube Corinthian FC, que deu origem ao Corinthians, em partida no fim do século 19

REDAÇÃO

Publicado em 18/4/2018 - 13h11

A origem do futebol na Inglaterra será contada na Netflix em minissérie escrita por Julian Fellowes, criador de Downton Abbey (2010-2015). The English Game é uma das cinco novas atrações originais que a gigante do streaming anunciou na nesta quinta (18) em Roma, no evento See What's Next. Esse será o primeiro trabalho de Fellowes para a Netflix.

O futebol não é um tema inédito na Netflix: ela já é responsável pela mexicana Club de Cuervos e produziu um documentário sobre o Juventus, clube mais popular da Itália. Sem pretensão de exibir jogos ao vivo, as séries roteirizadas e registros históricos são o mais próximo que a plataforma chegará do esporte.

Fellowes vai desenvolver a trama, composta de seis episódios. A atração detalhará a invenção do futebol moderno, de um jogo rudimentar a um esporte organizado, com regras. Também mostrará a importância do futebol para os ingleses, seja para a elite em suas partidas nas universidades, seja para operários que batiam sua bolinha.

The English Game é mais um projeto para deixar o renomado Fellowes ocupado. Ele está por trás de uma série sobre os Rothschild (Sky Atlantic), tida como a família mais rica da história, e do drama de época The Gilded Age (da rede norte-americana NBC), ambientado na Nova York dos anos 1880.

Novidades
As outras produções anunciadas pela Netflix são focadas no público jovem. Black Moon (Itália) contará a vida de uma mulher acusada de bruxaria no século 17. Mortel (France) retratará a amizade de adolescentes unidos por forças sobrenaturais. The Wave (Alemanha) trará uma história sobre jovens engajados politicamente.

Da Holanda, virá uma trama, sem título por enquanto, sobre estudantes que têm de tudo: vigor da juventude, vida sexual ativa e poder.

Para a alegria de fãs, a empresa também revelou que fará a terceira parte de La Casa de Papel, série não falada em inglês mais vista na plataforma.

divulgação/Netflix

Os atores Jonah Hill e Emma Stone (vencedora do Oscar) na primeira imagem de Maniac

Nesta quinta movimentada, a Netflix ainda teve tempo para anunciar a estreia da segunda temporada de Glow (em 29 de junho, com dez episódios) e a primeira foto da aguardada Maniac, dirigida por Cary Fukunaga, de True Detective.

A imagem traz Jonah Hill e Emma Stone (vencedora do Oscar por La La Land: Cantando Estações), protagonistas da comédia sobre dois pacientes de um hospício que criam mundos de fantasia na mente. A dupla estreia na TV com um dos salários mais altos no mundo das séries: US$ 350 mil (R$ 1,2 milhão) por episódio cada.

Maniac conta com um elenco de peso. Também estão na atração Justin Theroux (do drama The Leftovers), Jemima Kirke (da comédia Girls) e Sally Field (vencedora do Emmy por Brothers & Sisters).

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas