Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TEMA DELICADO

Doença que afeta 1 em 4 mulheres, depressão pós-parto tem boom na TV

Divulgação/ABC

Hayden Panettiere em episódio de Nashville; atriz e personagem com depressão pós-parto - Divulgação/ABC

Hayden Panettiere em episódio de Nashville; atriz e personagem com depressão pós-parto

FERNANDA LOPES e JOÃO DA PAZ

Publicado em 31/7/2016 - 8h03

[Atenção: este texto contém spoilers]

O ano de 2016 ficará marcado por trazer às séries de TV um tema delicado e muitas vezes ignorado: a discussão sobre a depressão pós-parto, doença que atinge uma em cada quatro brasileiras, de acordo com pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz. Cinco grandes produções já trataram do assunto neste ano. Ray Donovan, Marco Polo, Nashville, Jane The Virgin e Girls ousaram ao mostrar os desafios de mães que não reagem bem ao nascimento de seus filhos, com atitudes impetuosas que vão da rejeição ao suicídio, passando pelo abandono.

Para a psicóloga Cristiane Maluf, especialista em psicodiagnóstico e planejamento familiar, é muito importante que se fale da depressão pós-parto na TV, "para que as mulheres que passam por isso possam se identificar e buscar ajuda". O socorro rápido é crucial para que o transtorno não se agrave e se torne uma psicose pós-parto, estágio mais grave da doença. Os casos apresentados por Marco Polo e Nashville são exemplos disso.

Na segunda temporada de Marco Polo, que estreou na Netflix no começo deste mês, a Princesa Azul Kokachin (Zhu Zhu), mulher do príncipe Jingim, se nega a alimentar os gêmeos recém-nascidos. A repulsa dela tem um motivo: os filhos não são do marido, que, ao que tudo indica, é estéril.

A sogra de Kokachin, a imperatriz Chabi (Joan Chen), queria de qualquer jeito que seu filho tivesse um herdeiro. Por isso, armou um esquema para que um de seus empregados fizesse sexo com a princesa e a engravidasse. Kokachin dá à luz uma menina e um menino, mas não sente qualquer prazer na maternidade. Em uma madrugada, ela foge de sua cabana, caminha em direção a um lago e entra na água para se afogar. A sogra apenas a observa. Preocupada em aniquilar todos os que sabem da farsa, Chabi ajuda Kokachin a se matar, segurando a cabeça da nora debaixo d'água, sem um pingo de dó.

reprodução/netflix

A atriz Zhu Zhu na 2ª temporada de Marco Polo; personagem se recusa a amamentar gêmeos 

Outra personagem que demonstrou traços suicidas foi a cantora e atriz Juliette Barnes, a grande estrela de Nashville (Sony), interpretada por Hayden Panettiere. O papel reflete as dificuldades da própria atriz, que já passou por tratamento duas vezes para lidar com a depressão pós-parto. Hayden é mãe de Kaya, de 1 ano e 7 meses. As internações da atriz fizeram com que ela ficasse afastada de boa parte da quarta temporada, encerrada em maio.

Na trama, Juliette é internada em um centro de reabilitação logo após uma tentativa de suicídio, o ápice da depressão que a levava a não cuidar da filha, Cadence. Ao sair da clínica, ela tenta ajustar sua vida e ter uma relação mais maternal com a bebê. Juliette chega a recusar um convite para atuar em filme do Steven Spielberg para ficar mais tempo com a família.

"Muitas mulheres acometidas por depressão pós-parto [realmente] pensam em suicídio", confirma Christiane Maluf. A psicóloga alerta que as mães com sintomas de depressão pós-parto (sentimentos negativos para com o bebê, falta de interesse em si própria, perda de prazer, etc) precisam buscar ajuda médica para evitar a chamada psicose pós-parto. "A depressão pós-parto afeta muitas mães e não tem por que se envergonhar, então é importante reconhecer que você precisa de ajuda", aconselha.

Adam Driver em Girls; tio cuida da bebê abandonada

Abandono e indiferença

Enquanto em Jane The Virgin (Lifetime) o abandono é apenas especulado, em Girls (HBO) ele se concretiza. Esse sentimento nasce no primeiro estágio da depressão pós-parto. "Muitas mulheres ficam confusas por se sentirem tristes após o nascimento do bebê, o que desenvolve um sentimento de culpa. Elas acabam se isolando", comenta Cristiane.

Petra Andel, sócia do hotel The Marbella, é mãe de duas meninas na série Jane The Virgin, resultado de uma gravidez concebida artificialmente com espermas de seu ex-marido, Rafael Solano (Justin Baldoni). Era o sonho dela ter filhos com Rafael, mas a depressão a atacou após dar à luz. Petra confessa, em uma dinâmica com outras mães, que suas bebês estariam melhores se fossem criadas por outra mulher.

Em Girls, o desamparo ultrapassou a ameaça. Caroline Sackler (Gaby Hoffmann), irmã mais velha de Adam (Adam Driver), simplesmente foge e larga a filha com o pai da menina, Laird (Jon Glaser). Adam recebe a notícia em visita ao apartamento do casal. Laird pede para o cunhado cuidar da bebê até que ele consiga superar o desaparecimento da companheira e assimilar o recado que ela deixou em um bilhete. Caroline escreve que optou por fugir pois estava com pensamentos sombrios sobre machucar a filha e a si mesma.

As mudanças no humor pelas quais as mulheres passam após o parto são mostradas na série Ray Donovan (HBO), na personagem de Alyssa Diaz. Ela interpreta Teresa, mulher de Bunchy Donovan (Dash Mihok), irmão do protagonista Ray (Liev Schreiber). O casal tem uma filha, chamada Maria, e o comportamento de Teresa passa a ser mais rude do que o habitual _ela é naturalmente mal-humorada. Teresa simplesmente rechaça a ideia de escolher Ray como padrinho de sua filha e impede que o avô paterno, Mickey (Jon Voight), veja a neta. Ela quer distância da família Donovan.

reprodução/showtime

Com a cara fechada habitual, a atriz Alyssa Diaz faz uma mãe mal-humorada em Ray Donovan

De acordo com pesquisa publicada neste ano pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), uma em cada quatro brasileiras apresenta sintomas de depressão pós-parto _foram entrevistadas 23.896 mulheres em todo o país. Essa é uma taxa maior do que a estipulada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para países de baixa renda: 19,8%. Nos Estados Unidos, uma em cada sete mulheres lida com a doença, segundo a APA (Associação Americana de Psicologia).


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?