Dia agitado

De Westworld a Empire: TV dos EUA renova 4 séries em menos de 24 horas

Divulgação/HBO

Thandie Newton e Rodrigo Santoro em cena do terceiro episódio da segunda temporada de Westworld - Divulgação/HBO

Thandie Newton e Rodrigo Santoro em cena do terceiro episódio da segunda temporada de Westworld

REDAÇÃO - Publicado em 02/05/2018, às 16h54

Em menos de 24 horas, a TV norte-americana renovou quatro séries. Quem iniciou a onda foi a HBO com a confirmação da terceira temporada de Westworld, ontem (1º). Somente nesta quarta, mais três séries ganharam novas levas de episódios: The Handmaid’s Tale (terceira temporada), The Good Fight (também terceira) e Empire (quinta).

As renovações não são surpresas, pois todas as séries vão bem de audiência. Mesmo Empire (Fox Premium 1), que não repete os números astronômicos de três anos atrás, quando virou um fenômeno com seus barracos. A história da família Lyon continua atraindo muita gente.

O drama musical é a segunda melhor audiência da Fox, perde para a absurda 9-1-1. Entre todas as séries da TV aberta, Empire está na quinta colocação na preferência do público adulto (18-49 anos), o mais importante para o mercado publicitário, atrás de Grey's Anatomy, The Big Bang Theory, This Is Us e Roseanne (a líder).

Enquanto isso, The Handmaid's Tale, atual vencedora do Emmy e do Globo de Ouro, ganhou sua terceira temporada após bater um recorde. A estreia do segundo ano do drama distópico, na semana passada, rendeu à plataforma Hulu o dobro da audiência do primeiro episódio da primeira temporada.

O anúncio da nova leva de capítulos foi feito pela Hulu durante a apresentação de novas séries, em um evento realizado em Nova York. Vem aí a comédia Ramy, estrelada pelo humorista Ramy Youssef, e um remake do filme Quatro Casamentos e um Funeral (1994), produzido por Mindy Kaling, de The Mindy Project (2012-2017).

Advogados e robôs
Outra série renovada nesta quarta foi The Good Fight, para uma terceira temporada. O filhote de The Good Wife (2009-2016), exibido nos Estados Unidos na plataforma online da rede CBS, tem chamado a atenção pela excelente segunda temporada, na qual repercute o polêmico governo do presidente norte-americano, Donald Trump. Chega até a discutir um eventual impeachment do ex-empresário.

A segunda temporada da série ainda não chegou ao Brasil, onde está disponível no Prime Video, plataforma de streaming da Amazon.

E a futurista Westworld, sobre um parque com anfitriões robôs, teve a terceira temporada confirmada pela HBO. A série simboliza o clichê "sucesso de público e crítica" e coloca o canal em uma posição confortável após o fim iminente de Game of Thrones, no ano que vem. A HBO terá um cartão de visitas de respeito após a trama fantasiosa sair do ar.

Indicada a 22 Emmys no ano passado, dos quais venceu cinco, Westworld entrou para a história da HBO como a série estreante de maior audiência. O segundo ano correspondeu às expectativas. Com carnificina e guerra de máquinas contra humanos, a estreia da segunda temporada aumentou a audiência do canal em 13% em comparação com a média dos episódios da primeira temporada.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que jornalista está fazendo o melhor trabalho durante a pandemia?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook