Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

OSCAR DA TV

De WandaVision a Olivia Colman: As maiores surpresas do Emmy 2021

Reprodução/YouTube

Olivia Colman durante a cerimônia do Emmy 2021

Com a vitória por The Crown, Olivia Colman (foto) foi uma das grandes surpresas do Emmy 2021

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 20/9/2021 - 12h47

A Academia de Televisão revelou neste domingo os principais vencedores da 73ª edição do Emmy. A cerimônia do prêmio considerado o Oscar da TV reservou algumas surpresas para o público fã de séries, como a vitória de Olivia Colman por The Crown e a ausência de estatuetas para o elenco de WandaVision (2021).

O Emmy 2021 teve como grande vencedora a Netflix, que levou um total de 44 prêmios e vitórias para The Crown e O Gambito da Rainha (2020) nas categorias de melhor série e melhor minissérie, respectivamente. Em segundo lugar ficou o duo HBO/HBO Max, com 19 estatuetas ao todo.

Entre os prêmios que deram a vitória à gigante do streaming está o de Olivia Colman, que venceu na categoria de melhor atriz em série drama por The Crown. Ela superou a concorrência da colega de elenco Emma Corrin, considerada a favorita por sua interpretação da princesa Diana (1961-1997) na quarta temporada da atração.

The Crown também protagonizou talvez a grande esnobada da noite. Michael K. Williams (1966-2021) surgia como favorito já que uma possível vitória como melhor ator coadjuvante por Lovecraft Country (2020) lhe renderia um Emmy póstumo. Os votantes da Academia, porém, escolheram Tobias Menzies e sua interpretação do príncipe Philip (1921-2021).

Uma das maiores surpresas da lista de indicados deste ano foi a presença de WandaVision (2021), primeira produção do Marvel Studios a ser lembrada pela Academia de Televisão, com 23 nomeações. Pela minissérie, além das categorias técnicas, os que mais apareciam com chances de vitória eram Paul Bettany (melhor ator) e Kathryn Han (melhor atriz coadjuvante).

Das 23 indicações, no entanto, WandaVision só levou três para casa: melhor figurino de fantasia e ficção, melhor canção original e melhor design de produção em série de meia hora. Bettany e Kathryn, apontados por casas de apostas com os favoritos da noite, saíram derrotados, assim como os profissionais que estavam na disputa por direção, roteiro e melhor minissérie.

Os prêmios nas categorias reservadas às minisséries ou telefilmes ainda despontaram como principais surpresas (ou zebras) da noite. Uma das mais disputadas, a estatueta de melhor atriz ficou com Kate Winslet, que venceu por seu trabalho como a protagonista de Mare of Easttown (2021), sucesso mais recente da HBO.

A vitória de Kate nesta categoria pode não ser uma surpresa do ponto de vista técnico, já que a atriz teve o seu trabalho muito elogiado por crítica e público. No entanto, o favoritismo da noite era de Anya Taylor-Joy, apontada por especialistas como o principal nome para levar a estatueta por sua atuação em O Gambito da Rainha. Também estavam no páreo Elizabeth Olsen (WandaVision) e Michael Coel (I May Destroy You) --a última ainda saiu vitoriosa na disputa de melhor roteiro.

As categorias voltadas para comédia prometiam uma guerra acirrada entre as estreantes Ted Lasso, do Apple TV+, e Hacks, da HBO Max. Apesar da primeira ter finalizado a cerimônia como a grande vencedora da noite, a segunda ainda conseguiu "roubar" algumas estatuetas para si. Jean Smart justificou o favoritismo ao vencer por melhor atriz, mas a atração ainda levou os prêmios de melhor direção e melhor roteiro e equilibrou o resultado final contra a rival.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas