Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FIM DA LINHA

The CW recusa série derivada de Arrow protagonizada por mulheres

Divulgação/The CW

Juliana Harkavy, Katherine McNamara e Katie Cassidy em cena da oitava temporada de Arrow

Juliana Harkavy, Katherine McNamara e Katie Cassidy no episódio piloto de Arrow and the Canaries

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/1/2021 - 18h43

A rede The CW decidiu não seguir com a produção de Green Arrow and The Canaries, série derivada de Arrow (2012-2020) protagonizada por mulheres. A produção seria focada nas personagens de Laurel Lance (Katie Cassidy), Mia Smoak (Katherine McNamara) e Dinah Drake (Juliana Harkavy).

O penúltimo episódio do oitavo ano de Arrow serviu como um piloto para a possível nova série e mostrava as personagens se unindo para enfrentar um inimigo em comum. De acordo com o site TV Line, a audiência, apesar de considerada alta para a média conquistada na época, não empolgou os produtores.

Na trama do episódio, Laurel viaja ao ano de 2040 para recrutar a Dinah, a Canário Negro do Futuro, e Mia, filha de Oliver Queen (Stephen Amell) e Felicity Smoak (Emily Bett Rickards) que herdou o manto do Arqueiro Verde do pai. Juntas, elas enfrentaram um perigo que ameaçava toda a linha do tempo.

De acordo com Marc Guggenheim, produtor das séries do Arrowverse, o spinoff responderia várias questões deixadas em aberto na produção original, como o motivo de Dinah ter ido para o futuro e o que aconteceu com William (Ben Lewis), irmão de Mia, após ser sequestrado no fim do episódio piloto.

Em entrevista ao TV Line realizada em setembro, Guggenheim afirmou que, caso Arrow and the Canaries não fosse oficializada, as respostas poderiam ser dadas de outras formas, como arcos narrativos em outras séries ou na produção de uma HQ.

"Eu considero essas situações como 'problemas de qualidade'. Eu amo o fato de que criamos um universo que nos permite fazer essas perguntas e explorar diferentes maneiras e respostas em diversas produções. Mas também temos os quadrinhos como um escape também", explicou o produtor.

Com a recusa do spinoff, a The CW continua com a exibição de The Flash, Legends of Tomorrow, Batwoman e Superman & Lois, Supergirl e Black Lightning dentro do Arrowverse. As duas últimas encerrarão suas jornadas em 2021.

No Brasil, as oito temporadas de Arrow estão disponíveis no catálogo da Netflix. O canal pago Warner Channel é o encarregado de exibir os episódios inéditos das outras produções do Arrowverse.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas