Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VIROU MEME!

Como Round 6 alcançou bilhões no TikTok e se tornou fenômeno mundial na Netflix

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Cena de Round 6, série da Netflix: pessoas encapuzadas de vermelho e com uma máscara preta; ao lado delas, dezenas de pessoas enfileiradas

Série da Netflix sobre competição de sobrevivência misteriosa e mortal, Round 6 virou fenômeno mundial

VINÍCIUS LUCENA

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 2/10/2021 - 6h30

Lançada há duas semanas pela Netflix, Round 6 virou um fenômeno mundial e, segundo dados da própria plataforma, pode se tornar a série mais assistida da história da empresa, superando até os arrasa-quarteirões Bridgerton, La Casa de Papel e Stranger Things. Apesar de pouco divulgada, a atração sul-coreana ganhou o público nas redes sociais --em especial no TikTok, onde vídeos sobre a série acumulam bilhões de visualizações.

A produção original da Netflix é exemplo do impacto que as conversas virtuais têm no consumo de conteúdos. Segundo o consultor de comunicação em mídias digitais Alexandre Inagaki, o sucesso repentino da série tem muito a ver com o "boca a boca" causado por uma boa estratégia de marketing nas redes sociais.

"O boca a boca é fundamental para fazer com que o público tenha interesse em assistir a um filme ou a uma série, por sentir que está todo mundo falando sobre aquilo. É aquela coisa do usuário típico de redes sociais, que está no Twitter e, de repente, estão falando sobre a nova temporada de La Casa de Papel, sobre o último capítulo de Império, ou sobre o novo filme da Marvel. Ele não vai querer ficar de fora dessas conversas, né?", explica Inagaki.

O especialista destaca que, apesar de outros métodos de divulgação (como propagandas na TV) também serem importantes, no caso da Netflix vale mais a pena investir forte em redes sociais. Isso porque o acesso à internet é um pressuposto básico para que o público consuma os produtos da plataforma de streaming.

A gigante investe pesado em redes sociais e coleciona iniciativas de sucesso na divulgação de seus produtos. Aqui no Brasil, por exemplo, a Netflix viralizou quando contratou a cantora Sandy para promover a segunda parte de La Casa de Papel e brincou com a hashtag #ResolviEsperar --para estimular o público a não consumir versões pirateadas da série antes do lançamento oficial. 

Bombou no TikTok

O caso de Round 6, no entanto, é completamente diferente. A produção se sobressai porque o sucesso de audiência não é fruto de uma campanha prévia, mas de como a série viralizou nas redes sociais, principalmente no TikTok, após o seu lançamento. Para Inagaki, algumas das características desta rede social beneficiaram Round 6.

"O TikTok é de fato a rede social da vez, é uma rede social na qual obter destaque de um conteúdo produzido é mais fácil por causa da peculiaridade dos algoritmos. Os 'challenges' [desafios] são muito eficazes em transformar a rede social em uma grande conversação. O enredo de Round 6 facilita justamente a replicação, por meio de memes e desafios, dos jogos de sobrevivência da série", afirma o especialista em redes sociais.

De fato, nos dias seguintes ao lançamento da atração da Coreia do Sul, milhares de vídeos foram postados no TikTok nos quais os internautas tentam imitar os desafios retratados na própria série. Confira alguns exemplos abaixo.

@spider_slack

Nossa 😔##squidgame##squidgamecandy##squidgameedit

♬ Squid Game - Green Light Red Light - Yovinca Prafika
@ronnycarterr

Eu tô Urrando // série - Round6 😂 ##fypシ##fy##viral

♬ Squid Game - Green Light Red Light - Yovinca Prafika
@cherry_gab

Ficou com gosto de queimado mas é gostosinho kkkkdjdkk ##round6##dalgona##fyp

♬ Squid Game - Green Light Red Light - Yovinca Prafika
@uailazaro

a gente se tivesse na série KKKKKKKKK @loud_thaiga @loud_mi @uaivicentee @loud.guxta

♬ Squid Game - Green Light Red Light - Yovinca Prafika

Além de o próprio enredo da série facilitar a criação deste tipo de conteúdo para o TikTok, a rede social chinesa está em franca ascensão no Brasil e no mundo. O aplicativo já chegou a ultrapassar o Facebook em número de downloads.

Para Inagaki, o sucesso da rede tem a ver com a facilidade de produzir e editar os vídeos dentro do próprio aplicativo. É diferente do YouTube, por exemplo, onde conteúdos que viralizam demandam um custo maior de produção.

"Eu quase diria que o TikTok tem uma maneira mais democrática de se fazer sucesso, mas não dá pra falar em democracia nas redes sociais. Eu te digo apenas que os algoritmos do TikTok te dão uma maior possibilidade de se obter destaque sem necessariamente ser um influenciador digital consagrado", afirma.

Ele aponta a pandemia como outro fator que impulsionou a expansão do TikTok. "O público em geral demandou conteúdos lúdicos que fizessem a gente ter alguns momentos de distração descompromissada", afirma o consultor.

Confira na lista abaixo o número de visualizações das principais hashtags associadas aos vídeos de Round 6 (Squid Game é o nome original da série) no TikTok (em 1º/10/2021):

  • #SquidGame - 19,1 bilhões
  • #squidgamenetflix - 4,5 bilhões
  • #round6 - 888,5 milhões
  • #thesquidgame - 75,8 milhões
  • #round6netflix - 73,2 milhões

Netflix investe em produções locais

Também foi importante para o sucesso de Round 6 o fato de a Netflix já ter emplacado ao longo dos anos produções regionais como a brasileira 3% (2016-2020), a espanhola La Casa de Papel e a francesa Lupin. Todas superaram as fronteiras de seus países foram sucessos ao redor do mundo.

"A Netflix, para conseguir atrair assinantes, investe bastante em produções locais de fato. E produções que não apenas refletem o país no qual elas são produzidas, sua cultura, suas idiossincrasias e peculiaridades, mas também produções que tem um potencial para alcançar o mercado internacional", justifica Inagaki.

Lupin e La Casa de Papel são as únicas séries que não são produzidas em inglês a figurarem no ranking das 10 séries mais assistidas da Netflix em todo o mundo.

E Ted Sarandos, co-CEO e chefe de programação da Netflix, revelou durante uma palestra na Code Conference que o sucesso de Round 6 é tão grande que a série pode se tornar o original mais visto da história da plataforma "caso os números de suas primeiras semanas se mantenham firmes".

Também é importante destacar o apoio que o governo sul-coreano dá para a produção audiovisual. Parasita, vencedor do Oscar de melhor filme em 2020, é o exemplo mais vistoso, mas mesmo antes disso outras produções coreanas já estavam circulando com sucesso em grandes festivais e no streaming.

Para Inagaki, estas grandes produções mostram o quanto o governo transformou a cultura em um polo de superdivulgação para a Coreia do Sul no mundo todo. "No caso da própria Netflix, existem vários doramas [o nome que se dá às séries e novelas coreanas] que já faziam sucesso há algum tempo. Já havia um importante precedente para que as pessoas fossem impactadas com alguma série coreana que estourasse", aponta.

Confira vídeo sobre o sucesso de Round 6:

O que é Round 6, da Netflix?

Na série, pessoas que precisam desesperadamente de dinheiro recebem um convite misterioso para participarem de uma competição ainda mais enigmática. Os 456 convidados que aceitam são dopados e levados até um lugar secreto.

Os participantes competem em uma série de jogos infantis tradicionais. Entretanto, quem perde é morto a sangue-frio. Durante a trama, os jogadores entram em conflito e colocam as vidas em risco em busca do prêmio de 45,6 bilhões de wons (equivalente a cerca de R$ 200 milhões).

Divulgação/netflix

Série foi criada pelo cineasta Hwang Dong-hyuk

Em entrevista à revista Variety, o criador, roteirista e diretor da série, Hwang Dong-hyuk, revelou que escreveu a atração como uma metáfora para o modo como as pessoas competem em sociedade. "Eu quis escrever uma história que fosse uma alegoria ou fábula sobre a sociedade capitalista moderna, algo que retratasse uma competição extrema de alguma forma semelhante com a competição da vida. Mas eu quis usar os tipos de personagens que todos nós já conhecemos na vida real", afirmou.

A primeira temporada tem nove episódios, com média de 50 minutos de duração. O elenco conta com nomes como Jung-jae Lee, John D. Michaels, Hae-soo Park e Geoffrey Giuliano. Há opção de áudio dublado em português. Assista ao trailer abaixo.


Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas