Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Na HBO

Com vampiro, nova temporada de Penny Dreadful combate a depressão

Divulgação/HBO

Patti LuPone (de preto), que faz uma terapeuta, com Eva Green em Penny Dreadful - Divulgação/HBO

Patti LuPone (de preto), que faz uma terapeuta, com Eva Green em Penny Dreadful

JOÃO DA PAZ

Publicado em 2/5/2016 - 5h15

[Atenção: Este texto contém spoilers]

Série que faz novas leituras de personagens clássicos do terror, como Frankenstein e o Jack, o Estripador, Penny Dreadful retorna nesta semana com uma terceira temporada mais sombria e melancólica. A estreia será nesta segunda (2) na plataforma online HBO Go. Na TV, o episódio irá ao ar na sexta (6), às 22h, na HBO. A série traz de volta o personagem Conde Drácula, retomando o vampirismo da primeira temporada. 

A escuridão ronda ainda mais a heroína médium Vanessa Ives (Eva Green), que entra em depressão ao ficar sozinha na casa abandonada de Sir Malcolm Murray (Timothy Dalton), explorador que deixou Londres para fazer uma expedição na África. Quem combate a depressão de Vanessa é a terapeuta Seward, interpretada por Patti LuPone (Oz, American Horror Story), recém-chegada ao elenco permanente da série.

Com presença certa em oito episódios dos nove da terceira temporada, a terapeuta terá um papel muito importante. Seu objetivo será desvendar a enigmática Vanessa. A estratégia de colocar um terapeuta em uma série serve para revelar descobertas importantes dos personagens principais. O truque não é novo. Foi usado à exaustão em The Sopranos (1999-2007) e, mais recentemente, na comédia Unbreakable Kimmy Schmidt, da Netflix.

Outra história que promete render nesta temporada é a de Drácula. Na série, ele é o irmão de Lúcifer e ambos foram expulsos do Céu _um foi parar no Inferno (Lúcifer) e outro caiu na Terra (Drácula). Este último foi amaldiçoado: passou a se alimentar de sangue de seres humanos. Uma profecia diz que se Drácula transformar Vanessa em uma vampira, o planeta entrará em uma era de trevas, seria o começo do Apocalipse.

Exibida nos Estados Unidos pelo Showtime, Penny Dreadful registra uma boa audiência para o canal pago: média de 600 mil telespectadores por episódio na temporada passada. A série faz sucesso na mídia e marca presença em diversas premiações. Em 2014, por exemplo, venceu a categoria de série novata mais empolgante no Critics’ Choice Television Awards. Já neste ano, a protagonista Eva Green concorreu em uma das disputas mais acirradas do Globo de Ouro: categoria melhor atriz em série dramática. Quem faturou o trofeú foi Taraji P. Henson, por Empire.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

TUDO SOBRE

Drácula

HBO

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?