'JÁ ESPERAVA'

Chefe da HBO rebate críticas a Game of Thrones e 'mata' Arya Stark

Divulgação/HBO

Maisie Williams como Arya Stark em Game of Thrones: atriz não retomará personagem em série nova - Divulgação/HBO

Maisie Williams como Arya Stark em Game of Thrones: atriz não retomará personagem em série nova

REDAÇÃO - Publicado em 22/05/2019, às 12h24

Chefe de programação da HBO, Casey Bloys revelou que já esperava as críticas que a última temporada de Game of Thrones recebeu, mas minimizou os comentários negativos da internet e disse que também viu muitos elogios ao trabalho dos produtores David Benioff e D.B. Weiss nos seis episódios finais. Ele ainda acabou com a esperança dos fãs de verem uma série derivada que mostraria Arya Stark (Maisie Williams) em novas aventuras ao oeste de Westeros.

"Eu entendo porque os fãs querem ver uma série assim. Entendo mesmo. Mas não queremos matar a galinha dos ovos de ouro, sabe? A série que Dan e David fizeram durou oito temporadas, e acho que é melhor deixá-la por aí, não tem nenhuma atração diretamente ligada, com Arya no papel principal. Acho que é melhor tem outras que se passam antes e exploram o universo gigante que George [R.R. Martin]. Acho que cada série deve ter vida própria", disse ele ao site Deadline.

Questionado sobre a repercussão negativa do fim, ele foi direto. "Não me surpreendeu. Para dizer a verdade, com uma série desse tamanho, com fãs tão apaixonados, eu não acho que seria possível todo mundo ficar satisfeito. E, pelo que vi na internet, ficou bem dividido --algumas pessoas amaram, outras odiaram. O importante é que todo mundo tem uma opinião forte sobre o programa."

"Acho que todo mundo tinha alguma esperança do que ia acontecer com seus personagens favoritos, para onde eles deveriam ir ou o que deveriam fazer. Mas Dan e David tinham um plano montado há algum tempo, e seguiram a visão deles de criadores. E eu acho que fizeram um trabalho espetacular. Não dá para deixar todo mundo feliz, mas não era isso que eles queriam fazer também", continuou.

Copo de café e garrafa d'água

O Deadline também questionou Bloys sobre o copo de café e a garrafa d'água que vazaram em cenas da última temporada. O chefão da HBO foi claro ao dizer que não recebeu nenhum centavo para fazer propaganda subliminar dos produtos. "Não ganhei nada (risos). Mas eu interpreto esses comentários como um sinal muito positivo de que a série cravou seu lugar na cultura, que os fãs querem debater os personagens, as histórias... É isso que você espera de um programa", minimizou.

Agora, o foco da HBO para a franquia Game of Thrones é a série derivada The Long Night (A Longa Noite, em tradução livre), estrelado por Naomi Watts cujo piloto será gravado em junho. Mas Bloys não espera ver a série no ar tão cedo. "Não sei se ela estrearia em 2020. Preciso ver os roteiros da primeira temporada, do tamanho da série. Fazer o piloto em junho e colocar a série no ar em um ano me parece apressado demais. Mas é cedo demais para cravar qualquer coisa", desconversou.

O chefão confirmou, porém, que provavelmente a HBO só terá uma série baseada nos livros de George R.R. Martin. "Não quero explorar demais. Nós temos muitas atrações boas vindo aí, neste ano, em 2020 e até em 2021. Acho que Game of Thrones é uma propriedade intelectual fantástica, mas eu não quero que o nosso canal seja um lugar só de séries derivadas disso. Queremos fazer uma série bem feita, a pior coisa para os fãs seria colocar um produto apressado e malfeito."

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook