BRIAN J. SMITH

Ator de Sense8 sai do armário e lembra juventude difícil: 'Não podia ser eu mesmo'

Murray Close/Netflix

O ator Brian J. Smith em cena da série Sense8, fenômeno da Netflix

Brian J. Smith em cena da série Sense8, fenômeno da Netflix: ator decidiu assumir homossexualidade

REDAÇÃO - Publicado em 07/11/2019, às 11h22

O ator Brian J. Smith, conhecido do público brasileiro por ter interpretado o policial Will Gorski no drama Sense8 (2015-2018), da Netflix, decidiu se assumir homossexual. Ele é a capa da edição de dezembro da revista gay britânica Attitude e, em entrevista à publicação, fala sobre o drama de ter crescido no conservador Estado do Texas, nos Estados Unidos: "Eu não podia ser eu mesmo".

"Eu morria de medo. Na escola, eu não me encaixava em nenhum grupo. Eu não era atleta, não era nerd...", lembra Smith. "Também não havia uma aliança LGBTQ+, nem grupos de apoio. Não havia nada. Eu ficava completamente sozinho. E era xingado de todos os nomes", desabafou.

Atualmente com 38 anos, o ator diz que foi tão difícil aceitar sua orientação sexual e que só decidiu se assumir para os próprios pais quando completou 30. Apesar de temeroso, ele conta que a família teve a mente mais aberta do que ele esperava.

"Eu fiquei surpreso. Quando eu me assumi para os meus pais, eles foram maravilhosos. Disseram que eles só estavam esperando eu dizer alguma coisa. Foram muito mais avançados do que eu imaginava", reconhece o ator, atualmente no ar na série de ação Treadstone.

"Quando eles me aceitaram, acho que foi aí que eu me aceitei também. Comecei a ver que o mundo é assim mesmo. 'Não é tão perigoso quanto eu pensei'", lembra ele.

Mas Smith admite que só se sentiu confortável com ele mesmo quando entrou para o elenco de Sense8, uma série com vários personagens sexualmente fluidos, trans, homo e bissexuais. "Eu pensei: 'Finalmente posso ser eu mesmo. Não preciso ficar fingindo para nenhuma dessas pessoas'".

Antes de Sense8, o ator esteve no elenco fixo da série de ficção científica Stargate Universe (2009-2011), e teve uma participação marcante em Gossip Girl (2007-2012). Depois do drama da Netflix, Smith atuou na minissérie World on Fire, superprodução da BBC.

O ator compartilhou a capa da revista Attitude em seu Instagram, em um post no qual revelou o motivo pelo qual decidiu abrir o jogo sobre sua sexualidade. "Bom dia, mundo. A equipe da revista me prcourou e eu sabia que era a hora. Espero que haja outras pessoas por aí como eu (e não como eu!) que possam se identificar. Nada de amor para vocês! Agora vamos festejar", escreveu.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook