Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MAIS BARRACO

Ator de Batwoman alfineta Ruby Rose: 'Imaginem o que fez para ser demitida'

Reprodução/The CW

Ruby Rose e Camrus Johnson na primeira temporada de Batwoman; ela está com o traje da heroína, e ele tem expressão de desdém

Ruby Rose (Kate) e Camrus Johnson (Luke) em cena da primeira temporada de Batwoman

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/10/2021 - 21h57

Depois de Ruby Rose soltar o verbo e alegar que deixou o elenco de Batwoman ao fim da primeira temporada porque os bastidores da série seriam abusivos e perigosos, o ator Camrus Johnson decidiu rebater as acusações da ex-colega. Intérprete de Luke Fox na atração, ele insinuou que a atriz é responsável pelo que aconteceu com seu contrato. "É muito difícil ser demitida quando você é a protagonista. Imagine o que ela teve de fazer para isso acontecer", escreveu. 

"Batfamília, vocês sabem que eu não passaria um dia inteiro sem falar algo. Muitas mentiras foram ditas", postou Johnson em seu perfil no Twitter. "Apenas saibam que temos muita gente incrível trabalhando na série, e nada disso vai mudar qualquer coisa." 

A atriz australiana foi às redes sociais na quarta (20) para denunciar uma série de abusos promovidos no set pelos executivos envolvidos no projeto. Entre as acusações feitas pela atriz, estavam ameaças de demissão em massa, acidentes graves e até perseguição de um detetive particular.

Intérprete de Kate Kane, personagem que veste o manto da heroína nos quadrinhos, Ruby anunciou que deixaria o papel em maio do ano passado, logo após o encerramento da primeira temporada. Na ocasião, foi divulgado que a escolha de sair foi da atriz por conta do desgaste de gravar uma produção como Batwoman.

A primeira denúncia feita pela ex-protagonista foi direcionada a Peter Roth, ex-presidente da Warner Bros. TV, produtora responsável pela série. Segundo Ruby, o executivo chegou a contratar um detetive particular para segui-la fora do trabalho e acompanhar a sua rotina. Segundo ela, o intuito era reunir informações que justificassem a sua demissão.

Em suas acusações, a atriz também cita nominalmente Caroline Dries, criadora e showrunner de Batwoman; Greg Berlanti, produtor executivo e mente por trás de todo o Arrowverse da The CW; Dougray Scott, intérprete de Jacob Kane e ex-colega de elenco; e Sarah Schechter, produtora e sócia de Berlanti.

"Você é meu capítulo um. Não tenho certeza se você saiu depois de ser promovido à posição mais alta porque não conseguia parar de fazer mulheres jovens deixarem suas calças molhadas em volta de sua virilha enquanto você ainda as usava, ou se saiu depois de colocar um investigador particular atrás de mim --o qual você despediu assim que o relatório não se encaixou em sua narrativa", escreveu Ruby sobre Roth.

A atriz afirma que começou a "caça às bruxas" com Roth para que ele nunca mais faça com alguém as mesmas coisas que fez com ela em Batwoman. A ex-protagonista diz que quer tomar a sua vida de volta e mostrar a verdade ao público.

Após as acusações contra Roth, Ruby apontou que Caroline Dries, mesmo em sua posição de showrunner, visitou o set da série apenas "quatro ou cinco vezes" em um ano. Ela denunciou que a ex-chefe forçou a barra para que as gravações continuasse mesmo com a explosão da pandemia de Covid-19, enquanto outras produções que também são gravadas em Vancouver, no Canadá, paralisaram os trabalhos de imediato.

Sobre Dougray Scott, a atriz afirma que o ex-colega tinha conduta antiprofissional e que chegou a machucar uma dublê durante as gravações. Ela alega que o ator entrava e saía do set quando queria e abusava verbalmente das mulheres envolvidas com a produção.

Além das alegações de má conduta, assédio e falta de profissionalismo, Ruby também detalhou vários ferimentos sofridos no set, incluindo testemunhar um membro da equipe receber queimaduras de terceiro grau e um assistente de produção que ficou tetraplégico.

A atriz compartilhou imagens suas no hospital no qual foi tratar uma lesão no pescoço sofrida durante uma acrobacia no set de Batwoman. Ruby explicou que uma das razões pelas quais ela estava "fria" na série foi porque ela foi obrigada a retornar ao set apenas dez dias após a cirurgia, depois que Roth ameaçou demitir todo o elenco e a equipe porque ela havia se machucado. Ela ainda criticou o produtor por não procurar uma saída para explicar a sua ausência temporária da trama.

"Então, para encerrar, por favor, meus queridos, queridos fãs, parem de perguntar se eu voltarei para aquela série horrível, eu não voltaria por nenhuma quantia de dinheiro e nem se uma arma fosse apontada para a minha cabeça. E não pedi demissão. Eu não desisti. Eles arruinaram Kate Kane e destruíram a Batwoman, não eu. Eu segui ordens, e se eu quisesse ficar teria que abrir mão de meus direitos", encerrou a atriz.

Após a saída de Ruby Rose, Javicia Leslie foi contratada para interpretar a nova protagonista, Ryan Wilder. A segunda temporada também introduziu Wallis Day, atriz que ficou responsável por viver Kate Kane com a saída de Ruby.


Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas