Novela das seis

Tempo de Amar: Delfina prepara golpe para deixar José Augusto na miséria

Reprodução/TV Globo

Letícia Sabatella (Delfina) em cena de Tempo de Amar; vilã roubará clientes do ex-amante - Reprodução/TV Globo

Letícia Sabatella (Delfina) em cena de Tempo de Amar; vilã roubará clientes do ex-amante

ODARA GALLO - Publicado em 21/02/2018, às 05h21

Delfina (Letícia Sabatella) declarará guerra a José Augusto (Tony Ramos) e armará um golpe para deixá-lo na miséria em Tempo de Amar. A vilã roubará todos os clientes da fazenda do pai de Maria Vitória (Vitória Strada) e negociará com eles preços mais vantajosos. O fazendeiro, que sustenta a família com a venda de azeitonas e frutas, se desesperará ao ver que sua safra poderá encalhar.

José Augusto romperá de vez a relação com Delfina após descobrir que ela desviou dinheiro da quinta na sua ausência. Com a quantia, a megera comprou um terreno e construiu uma propriedade para a qual se mudará após brigar com o ex.

Para não dar ao pai de Maria Vitória o gostinho de escorraçá-la, a mãe de Tereza (Olivia Torres) pedirá demissão e colocará em prática um plano para afundar os negócios de José Augusto.

Delfina ainda não terá produtos em sua fazenda para vender, mas reunirá pequenos produtores da região para representá-los e negociar o melhor preço com os clientes que costumavam comprar da quinta da Carrasqueira.

"Tenho certeza de que ficarão muito satisfeitos. Aceitando a minha proposta terão lucros ainda maiores", sugerirá a vilã. "Precisamos analisar as garantias", ponderará um empresário inglês. "Por certo. Sei que ofereço uma produção muito melhor do que a da quinta da Carrasqueira. Eu garanto", afirmará a golpista.

"A Carrasqueira sempre ofereceu-nos boas frutas. E negócios vantajosos", lembrará um cliente português. "Isso enquanto eu estava lá. Sempre cuidei de tudo. Foram 20 anos trabalhando duro! Conheço o ofício e os negócios muito melhor do que o senhor José Augusto. Os senhores verão", prometerá ela.

Logo após a reunião, o personagem de Tony Ramos começará a sentir os efeitos da manobra da ex-amante em seus negócios. Ele aparecerá contrariado ao telefone levando um fora de seu cliente.

"Os senhores não vão assinar o contrato comigo? Mas somos parceiros há tanto tempo. Eu não compreendo", dirá ele, antes de encerrar a ligação furioso. "O que aconteceu, meu pai?", indagará Tereza.

"Esses ingleses, que sempre foram os meus tradicionais compradores, agora deram para agir de maneira esquiva e arredia. Mas eu vou descobrir o que houve, deixa estar", falará o fazendeiro.

"Esses homens estão a negociar com minha mãe. Ela recebeu-os na quinta", revelará a filha. "Delfina quer o quê? Desafiar-me?", reagirá José Augusto. "Eu vou falar com ela hoje mesmo", se oferecerá a garota.

"Fica fora disso, Tereza. Já disse que esse assunto é meu. Chegou a hora de agir", dirá ele. "Eu sei exatamente o que fazer. Delfina que me aguarde!", emendará o fazendeiro, misterioso, na cena que irá ao ar no dia 8 de março.

Últimas de Tempo de Amar

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook