Novela das seis

Sete Vidas: Júlia revela passado perturbador de Miguel para Lígia

Reprodução/TV Globo

Lígia (Debora Bloch) ficará abalada em conversa com Júlia (Isabelle Drummond), em Sete Vidas - Reprodução/TV Globo

Lígia (Debora Bloch) ficará abalada em conversa com Júlia (Isabelle Drummond), em Sete Vidas

ODARA GALLO - Publicado em 11/05/2015, às 05h03

Após decidir se afastar de uma vez por todas de Miguel (Domingos Montagner), Lígia (Débora Bloch) ficará balançada ao descobrir o passado perturbador do oceanógrafo, o que pode justificar algumas das atitudes do amado das quais ela discorda. Quando Júlia (Isabelle Drummond) contar que o pesquisador acredita ter sido responsável pela morte da própria mãe, a jornalista decidirá permitir o convívio dele com o filho Joaquim.

Com a volta arrebatadora de Miguel, após ter sido dado como morto, Lígia terá que lidar com crises pessoais e decidirá ficar sozinha por um tempo. Na parte profissional, as coisas também ficarão complicadas, e a jornalista pedirá demissão para tocar o projeto pessoal de escrever um livro sobre a história do encontro dos sete filhos de Miguel.

Será após a entrevista com Felipe, durante uma conversa com Júlia, que Lígia ficará na dúvida se deve ou não dar a chance para o oceanógrafo ser pai de Joaquim, filho do casal. “Ouvindo a fala do Felipe agora, eu te confesso... Eu fico me perguntando se, sei lá, se eu não fui rígida demais. Se o Joaquim não merece a chance de conviver e interagir minimamente com esse pai que vocês me dizem que o Miguel é capaz de ser”, desabafará.

Ao perceber que a jornalista está disposta a compreender o ex-namorado, Júlia decidirá contar sobre o passado perturbador dele, revelado durante a viagem à Patagônia. “As coisas por que ele passou, Lígia... Talvez não devesse ser eu a te falar, mas como provavelmente ele nunca vai fazer isso... O Miguel vive se torturando por uma história familiar tão terrível, tão dura, que quando ele me contou, te juro, eu vi na minha frente um homem tão fragilizado”, lembrará a restauradora.

“Eu acho que não vou incorrer em nenhuma indiscrição se te contar, até porque é por uma ótima causa. Eu acho importante que você saiba, que você conheça essa parte escondida da história que ele guardou por tanto tempo, até pra poder não julgar. Porque eu tenho certeza, Lígia. Se você ouvir de peito aberto, você vai reconsiderar e dar uma chance pra ele e pro Joaquim”, continuará.

Depois de saber que Miguel acusou seu pai de abuso e foi responsabilizado por ele de ter causado a morte da própria mãe, Lígia irá atrás do amado, em cena prevista para ir ao ar em 30 de maio.

“No caso do Joaquim, a decisão é minha [de permitir que se relacione com o pai], e eu sinto que não tenho o direito de intervir a esse ponto, impedindo a convivência de vocês dois. Então, como ainda está em tempo, e você está no Rio, eu queria que você soubesse que, se você ainda quiser conviver com ele, eu vou ficar muito feliz. E ele também, eu tenho certeza”, dirá, deixando o oceanógrafo emocionado ao encarar o filho caçula.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook