Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Babilônia

Regina vai denunciar Inês como cúmplice de Beatriz em assassinato

Reprodução/TV Globo

Camila Pitanga (Regina) em cena de Babilônia, da Globo; vendedora desvenda morte do pai - Reprodução/TV Globo

Camila Pitanga (Regina) em cena de Babilônia, da Globo; vendedora desvenda morte do pai

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 15/5/2015 - 7h46

Em Babilônia, Regina (Camila Pitanga) fingirá se aliar a Inês (Adriana Esteves) para investigar se ela foi cúmplice de Beatriz (Gloria Pires) no assassinato de seu pai, Cristóvão (Val Perré). Ela ficará intrigada porque Paula (Sheron Menezzes) revelará que Homero (Tuca Andrada), marido da advogada, trabalhava na Souza Rangel e foi promovido e transferido para Dubai há dez anos. A vendedora forçará um encontro casual com Alice (Sophie Charlotte) para conseguir mais informações e terá certeza da omissão de Inês no crime. Para poder denunciar a advogada, Regina pedirá a Estela (Nathalia Timberg) para dar um depoimento à polícia sobre a chantagem de que sua filha foi vítima.

Essa história começará a se desenrolar na novela das nove a partir de terça-feira (19). Regina vai procurar Inês para revelar que descobriu que seu pai iria encontrar Beatriz na noite do crime e que a arquiteta matou a testemunha que contaria isso à polícia. No mesmo capítulo, a empresária jogará Sebastião (Nelson Xavier), um cadeirante e ex-vizinho de Cristóvão, do alto de uma escadaria. As duas vão fazer uma aliança para que Beatriz seja presa. No entanto, logo em seguida, Paula contará sobre a ida de Inês para Dubai na mesma época em que o pai de Regina foi morto.

Como Beatriz e Estela já disseram que Inês chatageava a arquiteta com o vídeo dos beijos dela e o amante, Regina ficará desconfiada e decidirá investigar a advogada. "A desgraçada jurou que foi coagida pela Beatriz. Mas para o marido dela ser promovido, só pode ter sido chantagem. A Inês cobrou alto pra ficar de boca fechada. Ela foi cúmplice da morte do meu pai", dirá Regina, revoltada.

A barraqueira irá à casa de Inês, fingindo ser amiga e aliada dela. No apartamento, ela verá uma foto e questionará onde foi tirada. Alice (Sophie Charlotte) estará chegando da rua e falará sobre os anos em que morou em Dubai, depois que o pai foi transferido para lá.

Regina vai sair do local com nojo de Inês e ficará de plantão na porta no dia seguinte para conseguir encontrar Alice. A namorada de Evandro (Cassio Gabus Mendes) vai ser simpática com ela, que dirá que está disposta a deixar o Brasil e se mudar para Dubai. No meio da conversa, a filha de Inês revelará que elas se mudaram logo após o Carnaval de 2006. Época de sofrimento para Regina, que perdeu o pai e estava grávida de um homem casado.

"Só lembro porque meu pai tinha me dado essa fantasia, pra brincar no baile infantil do clube. E eu só pensava que não ia conseguir usar a minha roupa de princesa! Foi o último Carnaval da minha vida. Em seguida a gente foi pra Dubai", comentará Alice.

Crime desvendado

A vendedora terá certeza de que Homero foi transferido porque Inês sabia do assassinato de seu pai e chantageou Beatriz. Ela resolverá denunciar a advogada como cúmplice e procurará Estela para verificar se ela aceita dar um depoimento a Vera (Maíra Charken).

Regina pedirá para a companheira de Teresa (Fernanda Montenegro) contar sobre a chantagem que sua filha sofreu por conta do vídeo em que aparece com Cristóvão. "A Inês extorquiu a Beatriz, usando aquela maldita filmagem que ela fez na festa do Morro da Urca", dirá Estela, aceitando falar sobre o assunto na delegacia. 

Depois, junto com Vinícius (Thiago Fragoso), Regina montará o quebra-cabeça do crime que culminou na morte de seu pai. "A Inês fez o vídeo na festa, chantageou a Beatriz. Ao mesmo tempo, meu pai pressionou ela pra conseguir dinheiro para o transplante da minha mãe. A Beatriz viu os dois juntos, achou que eram cúmplices. A Beatriz matou meu pai, pegou a pulseira e simulou o assalto. Com o meu pai morto, a chantagem da Inês perdia força. Assim, a Beatriz se livrava das duas ameaças e estava livre pra se casar com o Evandro Rangel", concluirá a mãe de Júlia (Sabrina Nonato).

Vinícius ainda comentará que Inês sabia que Beatriz e Cristóvão eram amantes e suspeitou da morte do motorista, voltando a pressionar a amiga. "Ela cedeu à extorsão e promoveu o marido da Inês, mandou a família pra Dubai", dirá o advogado. "A Beatriz puxou o gatilho. A Inês foi cúmplice depois do crime, se omitiu. A assassina é a Beatriz. Mas as duas erraram, e têm que pagar", dirá Regina, emocionada e disposta a fazer a denúncia. Essa cena irá ao ar no final do capítulo do dia 22. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas