TEMPO DE AMAR

Regina Duarte se apaixona por Tony Ramos em novela: 'Sem idade para amar'

João Miguel Jr/TV Globo

Regina Duarte interpreta a francesa madame Lucerne em Tempo de Amar, da Globo - João Miguel Jr/TV Globo

Regina Duarte interpreta a francesa madame Lucerne em Tempo de Amar, da Globo

MÁRCIA PEREIRA, enviada ao Rio de Janeiro - Publicado em 21/09/2017, às 05h59

Aos 70 anos e com 38 novelas no currículo, Regina Duarte fará a dona de um cabaré que se apaixonará pelo personagem de Tony Ramos em Tempo de Amar, próxima novela das seis da Globo. Para a atriz, que já foi par do ator em Rainha da Sucata (1990), o romance na maturidade não tem diferença da paixão na juventude: "Sem idade para amar. É igual. Paixão é paixão", resume a intérprete de madame Lucerne.

Ela afirma que o reencontro com Ramos e com outros atores com quem já trabalhou várias vezes não foi o que a fez aceitar o trabalho. Regina revela que tem somente um critério para aceitar papéis nos últimos anos. "Tem de me propor um desafio. Essa personagem caiu no meu colo, é uma mulher que nunca fiz antes, e isso é genial", diz.

A atriz conta que em Três Irmãs (2008) o convite começou com um papel que ela já tinha feito várias vezes. "Pedi para trocar e veio a Waldete, que era divertíssima. Agora tem um pouco disso, é mais um aprendizado."

Tony Ramos e Regina Duarte em Rainha da Sucata, como Edu e Maria do Carmo (Divulgação/TV Globo)

A veterana está sempre dando as caras na TV. Fez uma aparição em Pega Pega neste ano. Em 2016, participou dos primeiros capítulos de A Lei do Amor. Antes, tinha feito a homossexual Esther em Sete Vidas (2015). Diz que esse é um dos segredos para envelhecer bem. "Saúde física e mental é movimento. É não ficar parada."

Apesar de não ter sotaque na nova novela das seis, madame Lucerne é uma francesa que vive no Rio de Janeiro no final dos anos 1920.

Seu passado é recheado de mistérios. Sabe-se que ela sofreu muito para chegar onde chegou após fugir da França ainda na infância, no auge de uma epidemia de malária.

A personagem tem um bordel, onde acontecerão muitas cenas divertidas. Até a mocinha da trama, Maria Vitória (Vitória Strada), vai trabalhar lá. Mas a garota não será prostituta, apenas tocará piano.

Tony Ramos faz José Augusto, o pai de Vitória. O romance protagonizado pelos atores veteranos, que fizeram sucesso como um casal em Rainha da Sucada (1990), será desenvolvido mais para a frente, e nenhum dos dois quer alardear como será a relação. "Não sei se vai dar namoro, sei que ela vai viver uma grande paixão", fala.

A trama de Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago estreia terça (26) no lugar de Novo Mundo. A direção artística é de Jayme Monjardim.

Últimas de Tempo de Amar

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook