Eu Odeio a Eduarda

Por Amor, primeira novela com haters da história, volta a ser reprisada pela Globo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gabriela Duarte em cena como a mimada Maria Eduarda de Por Amor, que volta ao ar na Globo - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Gabriela Duarte em cena como a mimada Maria Eduarda de Por Amor, que volta ao ar na Globo

REDAÇÃO - Publicado em 15/03/2019, às 13h56

Primeira novela da história a ter haters, Por Amor voltará a ser exibida pela Globo a partir de 29 de abril. Considerada uma das melhores novelas de Manoel Carlos, a produção foi alvo de uma página da web, em 1997, que declarava ódio a Maria Eduarda, papel de Gabriela Duarte. Nunca antes na televisão brasileira a internet havia sido usada por telespectadores como ferramenta para manifestar rejeição a uma personagem.

A trama mobilizou o país com uma troca de bebês entre mãe e filha. Maria Eduarda, filha de Helena (Regina Duarte), perdeu seu bebê logo após o parto complicado, no qual ficou impossibilitada de ter outros filhos. Helena, que também estava grávida (de Atílio, personagem de Antonio Fagundes), deu à luz um bebê saudável no mesmo dia e no mesmo hospital.

Para evitar o sofrimento da filha, Helena acertou com o médico César (Marcelo Serrado) a troca das crianças. Eduarda, então, criou o irmão como se fosse filho, enquanto Atílio sofria com a perda do seu bebê e a consequente crise no casamento com Helena, sem imaginar que seu herdeiro havia sobrevivido.

Desde o início, Eduarda não conquistou o telespectador por causa da sua personalidade mimada. Ciumenta, vivia pegando no pé do noivo Marcelo (Fábio Assunção). Ela também rejeitava o pai, Orestes (Paulo José), que era alcoólatra.

Eu Odeio a Maria Eduarda

Em 1997, a internet ainda engatinhava no Brasil, mas já era possível criar sites muito simples, de maneira gratuita, na plataforma Geocities. Assim nasceu o Eu Odeio a Eduarda. No endereço, era possível enviar uma mensagem para o autor pedindo a morte da personagem. O site também oferecia um jogo no qual o usuário atirava tomates virtuais no rosto dela.

O Eu Odeio a Eduarda fez tanto sucesso que logo ganhou uma página concorrente, a Eu Adoro a Eduarda, que seguia a linha oposta. No fim, venceu a segunda: a personagem não morreu e teve um final feliz ao lado de Marcelo.

Por Amor sucederá Cordel Encantado nas tardes da Globo. Será é a quinta vez que a novela será exibida na TV. Além da transmissão original (1997-1998), ela já foi apresentada no Vale a Pena Ver de Novo, entre 2002 e 2003, e passou outras duas vezes no Canal Viva, da Globosat, (2010-2011 e 2017).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook