Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Desilusão

Orgulho e Paixão: Apaixonado, Luccino rejeita fugir com Otávio por medo de desastre

Reprodução/TV Globo

Luccino (Juliano Laham) se recusará a fugir com Otávio (Pedro Henrique Müller) em Orgulho e Paixão - Reprodução/TV Globo

Luccino (Juliano Laham) se recusará a fugir com Otávio (Pedro Henrique Müller) em Orgulho e Paixão

REDAÇÃO

Publicado em 14/8/2018 - 8h05

Cada vez mais apaixonado por Luccino (Juliano Laham), Otávio (Pedro Henrique Muller) fará uma proposta. Após o italiano ser expulso de casa pelo pai, o capitão irá procurá-lo em Orgulho e Paixão. Ele afirmará que deixará o Exército para que eles fujam e possam começar uma vida nova em outro lugar. O mecânico ficará tentado, mas recusará o convite com medo de que o romance com outro homem resulte em um desastre.

Otávio e Luccino passaram de professor e aluno a confidentes inseparáveis. Porém,  essa cumplicidade custará caro ao italiano. Gaetano (Jairo Mattos) descobrirá que o filho e o militar se gostam e expulsará o mecânico de casa.

O personagem de Juliano Laham vai morar em sua oficina. Preocupado com as condições do lugar onde o amigo está vivendo e com a exposição do amor deles, o capitão tomará coragem e procurará o italiano para propor a fuga.

"Luccino, escute. Tomei uma decisão. Não tenho família, nada que me prenda ao vale. Vamos embora daqui? Juntos?", convidará o personagem de Pedro Henrique Muller. Luccino tomará um susto. "O quê? Sair da cidade. Eu e você?", questionará incrédulo o amigo de Mariana (Chandelly Braz).

"O que tem a perder? Nem casa você tem mais. O que faz, consertar veículos, pode fazer em qualquer lugar. Vamos recomeçar a vida bem longe, onde ninguém nos conheça", dirá o capitão.

O irmão de Fani (Tammy Di Calafiori) questionará o amigo sobre sua carreira no Exército. "Vou pedir baixa. Não é permitido que homens como eu sirvam à pátria. Mas posso aprender outra profissão, dar aulas de esgrima", dirá animado.

"Você ama o que faz. Tem tantos planos pro futuro", rebaterá o filho de Nicoleta (Rosane Goffman). Decidido a fugir, Otávio revelará: "Estou disposto a deixar tudo pra trás pra descobrir quem sou. Há uma revolução acontecendo aqui dentro. Uma revolução para a qual não fui treinado no Exército. E foi você quem deflagrou. O que me diz? Vai pra essa batalha comigo?".

Mesmo apaixonado, Luccino jogará um balde de água fria no militar. "Tudo que eu queria agora era dizer sim. Me importo com você mais do que jamais me importei com outra pessoa. Mas saber que quer jogar fora seu futuro por minha causa. Não posso te deixar fazer isso". 

As palavras vão frustrar o capitão. "E se meu futuro for você?", insistirá. "Ninguém é o futuro de ninguém, muito menos eu", ponderará o italiano. "Então, pra você eu não... Isso não é... Claro, está certo. Certíssimo. Que ideia a minha. Imagina, largar tudo para fugir por aí", falará o militar.

Luccino reforçará que não deixará o vale com Otávio. "O melhor é deixar as coisas como estão. Somos amigos que se... Que se gostam demais. Qualquer coisa além disso pode ter consequências desastrosas", afirmará o irmão de Ernesto (Rodrigo Simas), visivelmente abalado.

O capitão irá sugerir que, ao menos, Luccino deixe a oficina e vá morar com Brandão (Malvino Salvador), já que são tão amigos. O personagem de Juliano Laham achará a sugestão boa e procurará o coronel, que o abrigará em sua casa.

As cenas da desilusão amorosa de Otávio estão previstas para irem ao ar a partir do dia 24 em Orgulho e Paixão.

Últimas de Orgulho e Paixão


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas