Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: Clara gera suspeita durante julgamento e é pressionada

Fotos: Raquel Cunha/TV Globo

Clara  (Bianca Bin) e Gael (Sergio Guizé) em cena prevista para ir ao ar nesta segunda (22) - Fotos: Raquel Cunha/TV Globo

Clara (Bianca Bin) e Gael (Sergio Guizé) em cena prevista para ir ao ar nesta segunda (22)

REDAÇÃO - Publicado em 22/01/2018, às 12h39

Após avisar Patrick (Thiago Fragoso) que vai assumir a culpa pelo assassinato de Laerte (Raphael Vianna) se Duda (Gloria Pires) for condenada, Clara (Bianca Bin) vai gerar suspeitas durante o julgamento. Nesta segunda (22) em O Outro Lado do Paraíso, na hora em que o juiz Gustavo (Luis Melo) perguntar a Leandra (Mayana Neiva) se não havia mais ninguém no local do crime, a mocinha quase se levantará.

Gael (Sergio Guizé) estará sentado ao lado da ex-mulher e reparará no seu nervosismo. "Quase levantou por quê?", perguntará o filho de Sophia (Marieta Severo, sem imaginar que é a sua mãe a assassina do segurança. "É a emoção", responderá a vingativa. 

Em seu testemunho, Leandra manterá o acordo que fez com Duda. Ela dirá que não tinha ninguém no quarto da ex-dona do bordel na hora do crime. Na trama, Clara chegou antes de Duda e foi ela quem achou o corpo. O mocinha ainda tirou a tesoura (a arma do crime) das costas de Laerte.

Duda (Gloria Pires) vai temer que Clara (Bianca Bin) revele que chegou antes ao local do crime

Antes disso, Patrick dirá a Clara que vai dar o seu melhor para salvar Duda. "Se ela for condenada, eu me ergo no tribunal. Digo que estava no local do crime antes dela. Mais que isso. Provo que seria impossível ela ter cometido o crime, pois estava comigo nas ruínas da igreja, pouco antes. Que chegou depois de mim", avisará a neta de Josafá (Lima Duarte).

"Quantas vezes terei que dizer? Pense nas consequências. Se você disser que estava no local do crime antes dela, será considerada suspeita. Você já pediu a guarda do seu filho. O processo está correndo, a audiência está para ser marcada. Clara, não terá nenhuma chance de ganhar se estiver sob suspeita de um crime", avisará o criminalista.

Clara falará que ouvir isso dói. "Mas Patrick, eu não sou igual a Sophia. Eu quis dizer que tenho consciência. Não posso permitir que alguém vá para a cadeia, sabendo que não é culpada. Principalmente a Duda. Eu sinto um laço especial com ela. Eu tenho ética. Princípios. Posso perder tudo que tenho, mas não perco minha dignidade. Seria vergonhoso não falar a verdade, se a condenação da Duda depender disso. Eu me sentiria manchada", discursará Clara.

"É mais um motivo para eu ganhar esse processo. Vou me despedaçar no tribunal. Vou vencer", afirmará Patrick. Os dois irão juntos para o tribunal, sem imaginar que Duda revelará seu passado após descobrir que Adriana (Julia Dalavia) é sua filha caçula. 


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook