Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Babado forte

Império: Téo expulsa Cláudio do 'armário' e Enrico fica horrorizado

Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo e José Mayer em cena de Império em que seus personagens são flagrados em beijo - Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo e José Mayer em cena de Império em que seus personagens são flagrados em beijo

REDAÇÃO

Publicado em 28/8/2014 - 6h29
Atualizado em 28/8/2014 - 12h14

[Texto publicado originalmente às 6h29]

Personagem de José Mayer em Império, Cláudio será expulso do "armário" no capítulo do dia 19 de setembro. Téo Pereira (Paulo Betti) publicará uma foto em que o cerimonialista é flagrado na rua beijando Leonardo (Klebber Toledo). Desta vez, a imagem mostrará nitidamente quem é o beijoqueiro. A notícia se espalhará como uma bomba e chegará a Enrico (Joaquim Lopes), o filho homofófico de Cláudio, que ficará transtornado e não aceitará que o pai tenha feito tal “nojeira”.

O bogueiro publicará a nota “Enfim, quem é o beijoqueiro” por vingança. Cláudio e Leonardo convencerão Robertão (Rômulo Neto) a seduzir Téo e aplicar um “boa noite, cinderela” nele. O fofoqueiro “apagará”, e o malandro roubará as provas que ele guarda do romance entre Cláudio e Leonardo, como recibos de alugueis e bilhetinhos comprometedores. Ao acordar do sonífero, Téo lembrará de Robertão perguntando do assunto e ele apontando o quadro em que escondia o material, mas não revelará isso a ninguém.

Depois, o irmão de Maria Isis (Marina Ruy Barbosa) aparecerá em seu apartamento dizendo que o deixou desmaiado de tanto beber, mas negará ser o autor do roubo. Ele dirá que viu um homem suspeito na porta do prédio quando saiu. Como não roubaram outros objetos nem valores do seu apartamento, Téo deduzirá que Leonardo entrou e se aproveitou da situação para levar as provas de sua relação homossexual com o cerimonialista.

Doce vingança

“Claro que foi a Claudete Hétera quem mandou fazer isso comigo! Mas se ele pensa que me venceu está muito enganado. Me aguarde, minha vingança será ainda mais malévola!”,  dirá o blogueiro à sua assistente, Érika (Leticia Birkheuer). Em seguida, ele a mandará para cobrir os “bafos” da grande festa realizada por José Alfredo (Alexandre Nero) para lançar a nova coleção da sua empresa de joias.

O capítulo terminará com o jornalista “extasiado, quase tendo um orgasmo”, como indica o roteiro escrito por Aguinaldo Silva. “É hoje... Ai, que delícia”, dirá ele enquanto aperta a tecla enter de seu computador. “Ai, como sou maldosa! Publique-se! Agora é nada... Ou tudo!”, vai exclamar Téo, que na cena sairá tocando maracas imaginárias e dançando conga.

No capítulo seguinte, no dia 20, tudo vai girar em torno da notícia publicada pelo blogueiro. Cláudio sentirá o olhar de julgmento dos convidados da festa da Império, mas só saberá o que está acontecendo depois de todos. Helena (Júlia Fajardo) irá avisar Beatriz (Suzy Rêgo): “Desculpa minha franqueza, odeio fofocas e me meter na vida alheia, mas todo mundo só fala de uma tal foto do Cláudio, que acabou de sair no blog do Téo Pereira. E, como a imprensa está aqui, resolvi vir logo te alertar, para você não ser pega de surpresa”.

Descontrolados

Beatriz contará ao cerimonialista, que ficará arrasado. A bomba chegará quase simultaneamente ao restaurante de Enrico. Na recepção, um funcionário mostrará a notícia na tela de um laptop. “Não pode ser! É mentira. Essa foto só pode ser uma montagem. Meu pai jamais faria uma nojeira dessas. Meu pai não é assim, não é um desses pervertidos”, reagirá o chef, arremessando o computador contra a parede, o que chocará os clientes.

Ele será levado para a cozinha, onde continuará armando um escândalo. “Inventar uma mentira dessas... Meus pais se amam, são um casal, eu sou filho deles! Quer prova maior que essa? Meu pai é homem e é normal! Isso que o Téo está dizendo não é verdade. Não é! Meu pai não é como ele!", insistirá Enrico, já chorando copiosamente e proibindo os funcionários de lerem o blog de Téo Pereira. Ele ameaçará demitir quem o contrariar.

Enrico tentará falar por telefone com os pais, que não o atenderão. Na festa, Beatriz também protagonizará um barraco com Érika. “Você é a esposa do Cláudio Bolgari, não é? Quero te fazer uma pergunta, aquela que os nossos leitores se fazem nesse momento: como se sente ao saber que seu marido também beija rapazes?”, peguntará a loira.

A mulher do cerimonialista vai arremessar o aparelho gravador num fogareiro do bufê e dirá no ouvido de Érika. “Se der mais uma só palavra, eu juro que a próxima a ficar chamuscada é você.”

Apoio e revolta

O dono do restaurante irá imediatamente para a festa em que seus pais estão trabalhando. Ao encontrar Cláudio, ele o colocará contra a parede.

“No caminho para cá, eu fiquei pensando e concluí que sua história com o Téo teve vários lances, vem rolando há meses. Até te perguntei o que havia, porque era difícil entender aonde aquele canalha queria chegar, com tantas provocações. E agora ele publica aquela foto. É como se uma bomba estourasse e o mundo inteiro acabasse! Na foto, você está com o rapaz, o mesmo que eu vi uma vez lá em casa. Claro que pode ser uma montagem, mas acho difícil que o Téo fosse tão longe. Por isso te pergunto, pai: aquilo que ele publicou, é verdade?”

O cerimonialista não conseguirá negar, para desespero de Enrico. Beatriz vai se intrometer e contornar a situação, mandando o filho para casa e esperar o pai para uma conversa franca. Bianca (Juliana Boller), que também é filha do casal, surgirá logo em seguida. “Escuta, pai...”, dirá ela, sendo interrompida pela mãe. “Ah, não, Bianca, se veio pedir explicações sobre o que esse tal de Téo publicou...”, vai falar Beatriz em tom áspero.

“Isso não me interessa. Só vim pra dizer que amo meu pai. Sei que ele me ama também, e isso é o que importa. E estou com ele e não abro”, afirmará a jovem, abraçando os pais e comovendo os dois.

Na sequência, enquanto José Alfredo estiver fazendo um discurso agradecendo Cláudio pelo trabalho independentemente dos boatos sobre sua vida pessoal, o cerimonialista já estará entrando em sua casa, onde Enrico o espera.

“Eu vim assim que pude. Enrico, meu filho”, dirá Cláudio. “Não! Não me chama de filho, não faz chantagem emocional, não faz nada! Seja apenas curto e grosso, e responde logo à pergunta que te fiz mais cedo: essa coisa nojenta que o safado do Téo Pereira publicou... É verdade?”, questionará o chef. O desenrolar da conversa só será exibido no capítulo de segunda-feira, 22.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.