Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Erotismo

Império: Cora vai para a cama com bandido, mas continua virgem

INÁCIO MORAES/TV GLOBO

Drica Moraes interpreta Cora na novela Império, da Globo; personagem arruma pretendente - INÁCIO MORAES/TV GLOBO

Drica Moraes interpreta Cora na novela Império, da Globo; personagem arruma pretendente

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 9/10/2014 - 1h40
Atualizado em 11/10/2014 - 20h38

Cora (Drica Moraes) não vai mais querer saber de Robertão (Rômulo Neto). Agora, a megera vai ter uma relação fogosa com um novo personagem de Império. Jairo (Júlio Machado), filho de Jurema (Elizângela), ficará fascinado pela “Dona Cobra”. O jovem é um ladrão, que rouba bolsas de mulheres, hipnotizando-as. Após dois encontros, ele invadirá o quarto dela e os dois trocarão beijos e carícias na cama. Mas Cora se manterá virgem.

Eles vão se conhecer no capítulo do dia 28 da novela da Globo. Jairo tentará arrancar a bolsa de Cora em uma saída noturna da tia de Cristina (Leandra Leal). Ele ficará babando com o jeito durão da megera e dirá que ela é a primeira mulher que não se encantou com seu olhar “hipnotizante”. No roteiro entregue aos atores, o autor Aguinaldo Silva pede efeitos especiais nesse estranho “poder” que Jairo tem.

No primeiro encontro, além de não conseguir hipnotizar Cora, o filho de Jurema levará umas bolsadas da vilã e a seguirá até sua casa, de longe, sem ser visto. Os dois só voltam a se ver novamente no capítulo do dia 30, quando o ladrão bancará o herói e salvará Cora de ser atropelada. A sequência promete ser hilária. “Jairo se atira sobre ela, arrancando-a da frente [do carro], bem na hora. Os dois caem embolados, Cora por baixo. Ela olha para ele, meio alucinada”, indica o novelista no roteiro.

“O que é que você está fazendo aqui na minha porta? Não quero você se metendo na minha vida! Não quero, não quero”, dirá Cora. “Agora é tarde para falar isso. Já estou envolvido”, responderá Jairo, que levará uma ajoelhada nas “partes baixas” para sair de cima da “Dona Cobra”.

Na cama

Depois, Cora marcará um encontro com o pretendente em sua casa. Ela revelará que é virgem, deixando Jairo louco de desejo. “Me diga só uma coisa: onde é seu quarto?”, perguntará ele, que ouvirá a resposta e subirá as escadas do sobrado correndo e gritando: “Estou te esperando”.

No quarto, ele avisará que é craque em resolver problemas como o dela: a virgindade. Cora vai fazer um charme até se jogar em cima do rapaz e dar um beijo ardente nele. “Vou te morder toda, vou te deixar caída no chão, feito um molambo... Vou te quebrar inteira! Minha fêmea, minha mulher”, falará Jairo, com Cora soltando gritinhos e gemidos.

Texto picante

“Vem virar mulher comigo, deixa eu ser a fonte dos seus prazeres, vem sentir o meu calor, enquanto eu mergulho nas suas profundezas mais ocultas”, sussurrará o rapaz. “Ai, que baixaria”, responderá Cora.

O diálogo quase erótico vai continuar até a megera dar um empurrão nele e mandá-lo parar. “Eu não sou dessas! Como é que você se atreve a me tratar desse jeito, não sou uma dessas rampeiras que ficam rodando bolsinha pelas esquinas, sou uma senhora decente, sou pura, virtuosa, ilibada. Pois pode guardar sua loucura dentro das calças de novo e trata de sair do meu quarto e ir embora, imediatamente”, dirá a tia de Cristina, antes de ouvir a sobrinha chamando seu nome.

Jairo vai se esconder debaixo da cama. Após enrolar Cristina com uma de suas histórias rocambolescas, Cora colocará o rapaz para fora de sua casa. Do primeiro encontro deles ao “rala e rola” se passarão quatro capítulos. A entrada de Júlio Machado na trama estava prevista desde o lançamento de Império. 


​► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.