Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

OXENTE, MY GOD

Eva Wilma entrega origem de bordão de A Indomada, que volta ao Globoplay

JORGE BAUMANN/TV GLOBO

A atriz Eva WIlma com dedo em riste segura um galho caracterizada como a Maria Altiva em cena de A indomada

Eva WIlma interpreta a vilã Maria Altiva de Mendonça e Albuquerque em A Indomada (1997)

REDAÇÃO

Publicado em 27/8/2020 - 12h03

Antes da explosão dos cursos de inglês pelo país, Eva Wilma popularizou algumas expressões anglo-saxãs nos acessos de raiva de sua vilã Maria Altiva em A Indomada (1997). A atriz fez o público enrolar a língua para misturar o idioma estrangeiro com gírias do nordeste --um toque que recebeu de uma jornalista de Recife (PE).

"Eu me diverti muito. Na época, tinha uma repórter recifense que me deu a dica do 'thank you very much, viu bichinho'. Foi ela que trouxe isso. Eu falei com o Aguinaldo Silva [autor da trama], e ele aprovou. O mais gratificante de tudo foi a reação do público que, aliás, não ficou com raiva da Altiva", entrega a intérprete em comunicado enviado pela Globo à imprensa.

As lições de linguística da megera poderão ser relembradas a partir da próxima segunda (31), quando a novela será disponibilizada na íntegra pelo Globoplay. "A gente se divertiu tanto nesse trabalho. Estou muito feliz que vai entrar no catálogo", comemora a veterana.

Na produção, sua personagem era um dos principais bastiões da "moral e dos bons costumes" da fictícia cidade de Greenville, ocupada pelos ingleses no século 19. Por conta da influência externa, os personagens se vestem com trajes britânicos e bebem chá quente apesar do sol escaldante.

"Tem uma cena em que a Altiva sai de casa com chapéu, luva e uma sombrinha, mas não consegue encontrar uma hospedagem. Vai parar no banco da praça, adormece e alguém leva uma quentinha. Só que ela está tão cansada que vem um cachorro, sobe nela e come toda a comida", relembra, aos risos.

Outra sequência que marcou o público foi no capítulo final quando a antagonista, após morrer em um incêndio, vira fumaça e anuncia "I will be back" (eu voltarei, em inglês) sob o céu do vilarejo.

"Maria Altiva era muito divertida e irônica. Não gosto de fazer vilões mal-humorados. Acho que o vilão tem sempre uma característica que é o prazer da raiva. São personagens que têm muitos conflitos e colocam isso para fora", analisa a artista de 86 anos. 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?