Para evitar problemas

Deus Salve o Rei: Globo substitui estupro de Catarina por sexo consensual

Reprodução/TV Globo

Otávio (Alexandre Borges) força intimidade com Catarina (Bruna Marquezine) em cena de Deus Salve o Rei - Reprodução/TV Globo

Otávio (Alexandre Borges) força intimidade com Catarina (Bruna Marquezine) em cena de Deus Salve o Rei

ODARA GALLO - Publicado em 08/06/2018, às 05h00

A cena em que Catarina (Bruna Marquezine) seria estuprada por Otávio (Alexandre Borges) em Deus Salve o Rei foi cortada do roteiro e substituída por sexo consensual entre os personagens. Para evitar repercussão negativa e problemas com classificação indicativa, a Globo "optou por outro tipo de abordagem", de acordo com a assessoria da emissora. Na versão que irá ao ar, a vilã transará com o monarca para desviar a atenção dele enquanto Augusto (Marco Nanini) fugirá do castelo. A relação resultará na gravidez da inimiga de Amália (Marina Ruy Barbosa).

A sequência em que Catarina seduzirá Otávio irá ao ar na próxima sexta-feira (15), o mesmo capítulo em que Virgílio (Ricardo Pereira) ajudará na fuga do rei de Artena. Na primeira versão escrita pelo autor Daniel Adjafre, a malvada batizaria a bebida do monarca da Lastrilha e deixaria o castelo junto com o pai.

O estupro que foi cortado do roteiro aconteceria após Otávio despertar e constatar que foi enganado. O rei alcançaria Catarina durante a fuga, a jogaria na masmorra e forçaria o sexo com ela na própria cela.

"Dei folga aos guardas. Falei que precisava de um pouco de privacidade com minha noiva", avisaria o rei. "Você é um monstro!", xingaria a vilã, com expressão de ódio e nojo. "Eu tentei te respeitar, Catarina. Mas você não merece o meu respeito! Ninguém virá salvá-la!", Otávio ameaçaria, antes de encostar a vítima na parede, rasgar sua roupa e beijá-la à força.

A descrição da cena previa ainda que só os gritos da personagem de Bruna Marquezine seriam ouvidos à medida que a câmera se afastasse da cela. Apesar de a cena não mostrar a violência, a direção da Globo avaliou que um estupro seria chocante demais para o horário e poderia trazer problemas com a classificação indicativa.

Catarina constatará que está grávida apenas no capítulo de 29 de junho. A essa altura da trama, ela terá se casado com Afonso (Romulo Estrela), que recusará qualquer intimidade com ela e manterá um caso secreto com Amália.

"Não! Não pode ser. Não é possível, Lucíola! Eu ainda não me deitei com Afonso! Meu Deus! Esse filho é de Otávio!", dirá a filha de Augusto, em pânico. "Eu não posso estar grávida! Não agora que consegui me casar com Afonso!", emendará, revoltada.

No momento em que Lucíola (Carolina Ferman) tentar acalmar a rainha, ela relembrará a noite de sexo consensual com o rei da Lastrilha. "Meu ciclo nunca atrasa, Lucíola! E eu também não sou mulher de ficar enjoada desse jeito. Tenho sentido meu corpo diferente... Estou mais sonolenta. Eu só me deitei com Otávio uma única noite! Para que meu pai conseguisse fugir da Lastrilha!"

"Eu não posso estar esperando um filho daquele crápula! Por que está dando tudo errado na minha vida? Por quê?", reclamará Catarina em Deus Salve o Rei.

Últimas de Deus Salve o Rei

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook