Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CENÁRIOS PARADISÍACOS

De volta no Globoplay, Porto dos Milagres mata vontade de viajar do público

ROBERTO STEINBERG/ TV GLOBO

Camila Pitanga em cena de Porto dos Milagres: caracterizada como Esmeralda, atriz está em cenário externo rodeada de palmeiras

Esmeralda (Camila Pitanga) em cena de Porto dos Milagres (2001); folhetim foi gravado na Bahia

Disponível no Globoplay, Porto dos Milagres (2001) é uma chance de fazer o público voltar a visitar lugares paradisíacos no meio da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ambientado na fictícia cidade que dá o nome do folhetim, a novela tem muitas cenas externas: a maioria gravadas na Bahia.

A trama de Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares é uma livre adaptação de duas obras de Jorge Amado (1912-2001): Mar Morto e A Descoberta da América Pelos Turcos. O folhetim conta a história da forasteira Lívia (Flávia Alessandra) que chega a Porto dos Milagres com o namorado, Alexandre (Leonardo Brício).

Só que ela acaba se apaixonando pelo pescador Gumercindo (Marcos Palmeira) e precisa lidar com a sedutora Esmeralda (Camila Pitanga), que também está de olho no mocinho que vive no mar.

REPRODUÇÃO/ TV GLOBO

Cassia Kis e Antonio Fagundes em Sevilha, Espanha 

Em meio ao triângulo amoroso, a história tem como recheio realismo mágico e uma cidade envolta em uma grande disputa de poder entre uma dupla de golpistas e um filho bastardo.

Entretanto, que optar por ver Porto dos Milagres na plataforma de streaming vai poder "passear" por lindas paisagens do Nordeste do país e também dar "um pulinho" em lugares históricos na Europa. 

Logo no começo da trama, a equipe da novela viajou para Sevilha, na Espanha, para gravar algumas sequências do casal de bandidos, Adma (Cassia Kis) e Félix (Antonio Fagundes). Em seguida, tem a viagem dos personagens à Bahia. O folhetim teve mais cenas rodadas na Ilha de Comandatuba.

REPRODUÇÃO/ TV GLOBO 

Cenário da Cidada Baixa, na Ilha de Comandatuba 

Segundo o site Memória Globo, a emissora montou duas cidades cenográficas para as gravações de Porto dos Milagres. A Cidade Alta foi erguida dentro do Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, enquanto a Cidade Baixa foi instalada na ilha baiana.

Com isso, o telespectador pode observar que no folhetim muitas das cenas foram gravadas na Bahia --como o santuário de Iemanjá, a capela, o mercado municipal e as casas de pescadores.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Quem foi o melhor ator ou atriz de novela do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas