Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PAI DE ADOLESCENTE

De bad boy a tiozinho: Como o tempo passou para Paulinho Vilhena

Reprodução/TV Globo

Paulo Vilhena agora interpreta o viúvo João Inácio, que já é pai de adolescente em O Sétimo Guardião - Reprodução/TV Globo

Paulo Vilhena agora interpreta o viúvo João Inácio, que já é pai de adolescente em O Sétimo Guardião

REDAÇÃO

Publicado em 18/11/2018 - 6h46

Galã do seriado Sandy & Junior (1998-2001) e capa de caderno de muitas adolescentes no início dos anos 2000, Paulinho Vilhena já não é mais crush de nenhuma jovem. Às vésperas de completar 40 anos (ele faz aniversário em 3 de janeiro), o ator trocou o rótulo de bad boy pelo de tiozinho em O Sétimo Guardião. Na novela, faz o viúvo João Inácio, pai do adolescente Guilherme (Caio Manhente, de 18 anos).

O papel de adulto sério, com filho teen, é bem diferente dos que Vilhena interpretou durante boa parte da sua carreira. Além do seriado em que contracenava com a então namorada Sandy, ele fez o galã jovem nas novelas Coração de Estudante (2002), Agora É que São Elas (2003), A Lua Me Disse (2005) e Três Irmãs (2008).

Em cena do seriado Sandy & Junior: dias de galã teen ficaram no passado (Reprodução/Memória Globo)

O choque da passagem do tempo ficou ainda maior para o público pois, até junho deste ano, Vilhena estava no ar na reprise de Celebridade (2003), quando tinha 15 anos a menos e fazia Paulo César, um surfista bonitão ainda em fase universitária _embora seu personagem mentisse para a mãe, Noêmia (Julia Lemmertz) sobre frequentar a faculdade de Medicina.

A desconstrução do rótulo de galã só foi acontecer em 2014, em Império. Na novela escrita por Aguinaldo Silva e dirigida por Rogério Gomes, o Papinha (mesma dupla responsável por O Sétimo Guardião), ele interpretou o pintor esquizofrênico Salvador e surgiu com um visual estranho, com a cabeça raspada nas laterais.

Os cabelos, aliás, foram um dos principais obstáculos para que Vilhena mantivesse seu status de galã. Com calvície precoce, ele admitiu que em 2014 realizou um implante capilar que não deu certo. Ficou apenas com uma cicatriz no couro cabeludo, que acabou servindo para a composição do pintor perturbado. No ano passado, ele iniciou um tratamento metabólico que fez os fios voltarem a crescer.

Paulo Vilhena, no entanto, não parece preocupado em evitar personagem que o deixem mais velho. No ano que vem, ele vai aparecer no filme Turma da Mônica - Laços, no qual interpretará o pai do Cebolinha (Kevin Vecchiato).

Em entrevista ao UOL, ele contou que, depois de 20 anos de carreira, virar pai na ficção marca um momento de transição. "Quando você faz um personagem que tem uma estrutura familiar, na qual você passa a ser o pai e não mais o filho, você vê que algum tempo passou, mas que também é a lei natural da vida, e é bom", disse.

A internet, como já virou costume, se surpreendeu ao ver Vilhena mais velho e como pai de um adolescente na ficção. Confira algumas das melhores reações:

Últimas de O Sétimo Guardião


Resumos Semanais

Resumo da novela O Sétimo Guardião: Capítulos de 16 a 18/5

Sexta, 17/5 (Capítulo 161) A Globo não divulgará o resumo do último capítulo de O Sétimo Guardião. Sábado, 18/5
Reexibição do último capítulo de O Sétimo Guardião. Os capítulos de O Sétimo Guardião são fornecidos pela Globo e estão sujeitos ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?