Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

KRISTIN DAVIS

Atriz de Sex and the City diz que série salvou sua vida: 'Morreria antes dos 30'

Divulgação/HBO

Kristin Davis interpretou a certinha Charlotte na premiada Sex and the City: série salvou a vida dela - Divulgação/HBO

Kristin Davis interpretou a certinha Charlotte na premiada Sex and the City: série salvou a vida dela

REDAÇÃO

Publicado em 16/11/2018 - 15h37

A atriz Kristin Davis, que interpretou a certinha Charlotte York na série Sex and the City (1998-2004), credita o fato de estar viva até hoje à premiada comédia da HBO. Alcoólatra desde muito jovem, ela só parou de beber depois de ganhar o papel que lhe rendeu uma indicação ao Emmy e uma ao Globo de Ouro.

"Eu não acho que estaria viva. Aliás, eu achava que morreria antes dos 30 [anos]", disse Kristin em entrevista ao podcast Origins with James Andrew Miller. "Eu sou uma viciada. Uma alcoólatra em recuperação", confessou.

"Se eu não tivesse a atuação na minha vida... Atuar é a única coisa que me deu a vontade de ficar sóbria. Eu não tinha nada mais que fosse importante na minha vida, e bebia para tentar entorpecer meus sentimentos."

Kristin estreou em Sex and the City quando tinha 32 anos, mas ganhou o papel quando era mais jovem. A chance de fazer parte de uma série tão revolucionária a fez colocar a bebida de lado, antes mesmo de a produção estourar.

"Eu comecei a beber muito jovem, e tive a sorte de parar de beber ainda cedo, antes de todo o sucesso. Ainda bem", valorizou ela. "O amor que eu sentia pela minha arte era tão grande que se tornou algo mais importante do que a bebida."

Um marco, Sex and the City é considerado o início da chamada era de ouro da televisão, abrindo portas para The Sopranos (1999-2007) e The Wire (2002-2008).

Além de Kristin, o elenco contava com Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall e Cynthia Nixon, na pele de um quarteto de amigas que discutiam suas vidas profissionais e sexuais em Nova York.

O sucesso da série foi tão grande que acabou rendendo duas produções para o cinema, lançados em 2008 e 2010. Um terceiro longa chegou a ser cogitado, mas uma briga entre Kim Cattrall e Sarah Jessica Parker acabou com a ideia.

Web Stories

+
Oportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver Loki

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?