Ernesto e Ema

Casal improvável de Orgulho e Paixão desbanca protagonistas e ganha fã-clubes

Raquel Cunha/TV Globo

Ema (Agatha Moreira) e Ernesto (Rodrigo Simas): casal queridinho dos telespectadores - Raquel Cunha/TV Globo

Ema (Agatha Moreira) e Ernesto (Rodrigo Simas): casal queridinho dos telespectadores

FERNANDA LOPES - Publicado em 11/06/2018, às 05h38

A trama dos protagonistas Darcy (Thiago Lacerda) e Elisabeta (Nathalia Dill) virou secundária para os telespectadores de Orgulho e Paixão. Nas redes sociais, fã-clubes da novela das seis se organizam para "shippar" o casal #Erma, formado por Ernesto (Rodrigo Simas) e Ema (Agatha Moreira). O romance dos dois já é o mais relevante e mudou o rumo da história.

Nas sinopses originais dos personagens, não havia nada que indicasse um envolvimento sério entre Ema e Ernesto. "No início da novela, nós nem sabíamos [que os personagens teriam um romance]. Quando o casal surgiu, falamos: 'Vamos com tudo'", explica Rodrigo Simas.

"Novela é uma loucura né? A personagem vai crescendo na trama, o que me ajuda a trazer coisas novas para ela também. Cada bloco [de capítulos] é uma nova descoberta", complementa Agatha.

Os personagens dos dois só começaram a se aproximar porque a neta de Afrânio (Ary Fontoura) queria fazer ciúme em Jorge (Murilo Rosa), que deveria ser seu par ideal. Ema e Jorge são inspirados nos protagonistas Emma Woodhouse e George Knightley, do livro Emma, de Jane Austen. Na obra original, eles ficam juntos.

Mas, em Orgulho e Paixão, Agatha e Simas desenvolveram um carisma em cena muito maior do que o dos protagonistas. A baronesinha do café e o filho de imigrantes italianos se beijaram pela primeira vez em 1º de maio, e vários fã-clubes passaram a se organizar no Twitter e no Instagram para torcer pelo casal.

Eles criam memes, marcam os atores em fotos e vídeos, sobem hashtags e até fazem mutirões para pedir que a Globo leve Agatha e Simas como convidados em programas da casa, como o Altas Horas.

"Eu não tenho mais fotos marcadas no Instagram com qualquer outro ser humano sem ser o Rodrigo!", conta a atriz. "A repercussão tem sido muito boa, graças a Deus. Eu mesmo falo: 'Quero ser amigo do Ernesto. O Ernesto é gente boa, gente fina'. Eu gosto dessa interação, a galera está torcendo muito pelo casal. Me faz ter mais vontade de fazer e de que dê certo. Eu acho que deu liga", diz Simas.

reprodução/tv globo

As cenas de beijo entre Ema e Ernesto são comemoradas pelos fãs nas redes sociais

Os atores, ambos de 26 anos, se conheceram em 2012, quando atuaram em Malhação. Ficaram muito amigos. Para aperfeiçoar ainda mais a química entre Ema e Ernesto, eles batem o texto nos bastidores e trocam mensagens para falar sobre as cenas assim que recebem os novos roteiros.

"É engraçado, um manda mensagem para o outro: 'Você viu essa cena? Caraca, olha essa cena!' (risos). Sempre que estamos esperando, passamos texto juntos e discutimos sobre a cena, falamos o que achamos que podemos acrescentar ou diminuir, pensando mais na frente também", revela o ator.

Os dois ainda não sabem o destino de seus personagens (Orgulho e Paixão tem previsão de terminar em setembro), mas estão "curtindo o momento". "[O segredo é] divertimento. Nós estamos felizes no que estamos fazendo. Aproveitamos, nos divertimos e passamos para o público. Isso é a chave para dar certo", conclui Simas.

Últimas de Orgulho e Paixão

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook