Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUCIANA BRAGA

Após 25 anos, atriz retorna a Éramos Seis para duelo entre intérpretes de Isabel

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Luciana Braga, com um vestido branco, segura uma xícara de café branca com a mão direita, caracterizada como a Zulmira em cena de Éramos Seis

A atriz Luciana Braga em cena do folhetim das seis da Globo como a amargurada Zulmira

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

Publicado em 24/2/2020 - 4h55

Depois de 25 anos, Luciana Braga volta a atuar em uma adaptação de Éramos Seis. Mas, dessa vez, do lado oposto da história: intérprete de Isabel na versão exibida pelo SBT em 1994, a atriz chega ao remake de Angela Chaves como Zulmira. A ex-mulher de Felício (Paulo Rocha) promete tornar a vida da personagem de Giullia Buscacio um inferno. "Agora é Isabel contra Isabel", dispara a artista.

Apesar de já ter interpretado a herdeira dos Lemos anteriormente, ela afirma que não poupará esforços para ganhar esse duelo e permanecer casada com o advogado. Pelo menos no papel. "Eu defendo a Zulmira porque ela tem os seus motivos, coitada. É uma mulher massacrada pela sociedade de seu tempo. Estou com um pouco de pena dela", confessa Luciana, em entrevista ao Notícias da TV.

Em sua opinião, a megera se esforça em manter as aparências para não sofrer com o preconceito da época. "Um homem separado nunca foi tão mal visto quanto uma mulher desquitada. Era uma mancha que ela levava por toda a vida. Infelizmente, essa ainda é uma realidade de tantas pessoas hoje em dia que mantêm uma relação só para agradar aos outros", filosofa a carioca.

Ela acredita que a madame se recusaria a dar o desquite ao tio de Marcelo (Guilherme Ferraz) mesmo se ele não estivesse apaixonado pela irmã de Alfredo (Nicolas Prattes). "O que mexeu com ela foi a separação ser exposta. Se Felício é visto na rua com outra, é porque sabem que o casamento dos dois é uma mentira. Não acho que seja por ciúme", considera a atriz.

REPRODUÇÃO/SBT

Luciana Braga interpretou a personagem Isabel na versão de Éramos Seis para o SBT em 1994

Bênção virtual

Luciana entrega que Giullia Buscacio a procurou nas redes sociais antes mesmo do início da trama, sem saber que a atriz entraria posteriormente para viver sua principal rival. "Ela mandou uma mensagem para mim pelo Instagram pedindo uma espécie de bênção, como se ela precisasse disso. Ela foi a coisa mais doce e ainda está fazendo um trabalho lindo", derrete-se.

As duas se encontraram pessoalmente nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, logo no primeiro dia de gravação de Luciana. "Temos uma semelhança física, né? Nós duas somos miudinhas, o cabelo mais ou menos da mesma cor, é interessante isso."

A participação da atriz no folhetim, inclusive, põe fim a um hiato de 11 anos. O seu último trabalho na Globo, até então, tinha sido Negócio da China (2008). Depois, ela se transferiu para a Record, onde trabalhou entre 2009 e 2016.

"Eu fiquei muito feliz em voltar, porque me sinto homenageada de ser convidada para essa personagem. Além desse envolvimento que tive com a história no passado, não tem como não ficar contente em retornar para a Globo depois de tanto tempo com um trabalho desses. É para ficar sorrindo de orelha a orelha. A gente não pode deixar as portas fechadas, tem que sempre abrir", arremata a artista.


Saiba detalhes de tudo o que vai rolar de mais bombástico nos próximos capítulos das novelas no podcast Noveleiros:

#3: Guerra, flerte com a morte e casos de família: Vai ter treta nas novelas!


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?