Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

RETA FINAL

Adriana Esteves compara Avenida Brasil a golaço no futebol: 'Mexe com as pessoas'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Adriana Esteves caracterizada como Carminha de Avenida Brasil

Adriana Esteves interpreta Carminha em Avenida Brasil; novela entra na reta final com derrocada da vilã

REDAÇÃO

Publicado em 16/4/2020 - 15h43

Intérprete da vilã Carminha, Adriana Esteves usou o futebol como meio de comparação para explicar o sucesso de Avenida Brasil: "Grande elenco, direção e equipe. Um enorme gol da televisão brasileira. Fiquei impressionada como, depois de oito anos, a novela ainda mexe com as pessoas". A trama de João Emanuel Carneiro já virou o maior fenômeno do Vale a Pena Ver de Novo nos últimos dez anos.

O folhetim entra agora na reta final nas tardes da Globo com a derrocada da malvada. Depois de virar o jogo contra Nina (Débora Falabella), Max (Marcello Novaes) virou a maior pedra no caminho de Carminha. Após descobrir que a amante tentou matá-lo, o malandro vai desmascarar a loira na frente de toda a família de Tufão (Murilo Benicio), entregando as fotos íntimas dos dois.

"As gravações foram muito intensas. Carminha era uma personagem que mesmo falando as maiores atrocidades, conseguia ser vista e entendida com humor pelo público", relembra a intérprete. As cenas em que a vilã é expulsa da mansão estão previstas para serem exibidas a partir desta quinta-feira (16).

Depois de ser enxotada, a malvada irá pedir abrigo na igreja e ameaçará o padre, dizendo que pode contar o que sabe sobre suas falcatruas para o bispo. Muricy (Eliane Giardini) aparecerá possessa no local e exigirá que o religioso a expulse de lá.

As duas vão começar o maior barraco no meio da rua, atraindo a atenção de muitos pedestres. É neste momento que a vilã soltará mais uma de suas frases icônicas: "Pobreza pega".

Adriana Esteves disse que sentiu o carinho do público desde o início da reprise da novela. "Voltei a receber as mensagens de carinho e animação que as pessoas me mandavam na época da primeira exibição. É realmente uma novela fantástica! Sinto muito orgulho de ter feito parte dela", contou.

Até o último capítulo da trama, a megera ainda sofrerá bastante. Ela será sequestrada por Max, que a levará para o lixão e a fará de refém com Nina, Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu).

"Ela jamais sairá de dentro de mim. Carminha foi um enorme presente que minha trajetória profissional me trouxe", refletiu a artista. 

Adriana ainda afirmou que não mudaria nada no folhetim: "Acho perfeita a escolha de João Emanuel para o final da personagem, a redenção. Nada nessa novela eu quis hora nenhuma que fosse diferente. Sou só aplausos a todos os envolvidos. Momento de enorme criatividade e talento de João e de toda equipe envolvida". 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?