Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RESUMÃO

Inferno astral? Ninha é eliminada de No Limite como presente de aniversário

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

Imagem de Ninha Santiago em No Limite 6

Ninha Santiago no No Limite 6; fotógrafa subaquática foi eliminado após falhar em formar aliança

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 24/6/2022 - 0h06

Após uma tentativa falha de criar novas alianças no jogo, Ninha Santiago se tornou a 16ª eliminada do No Limite 6. A fotógrafa subaquática perdeu o prêmio de R$ 500 mil ao tentar se reaproximar de Lucas Santana e Pedro Castro, sem sucesso. A participante deu adeus ao programa no dia de seu aniversário de 34 anos.

"Foi uma honra participar do No Limite, o mergulho mais profundo da minha vida. Agora é hora de puxar o ferro e içar as velas, porque tenho certeza que tem um mundo gigante me esperando", afirmou Ninha no discurso de eliminação.

"Tem várias questões que a gente aborda aqui nesse programa, não apenas questão de gênero", completou, já que momentos antes da votação levantou o fato de que as únicas três mulheres restantes no programa eram os novos alvos dos participantes. "Meninas, vou estar torcendo muito por vocês, vocês são gigantes, e o jogo ainda não acabou (...) Confio muito em vocês", disse a fotógrafa. 

Por fim, Ninha afastou possíveis arrependimentos em relação às estratégias. "A minha história foi contada da melhor forma possível, foi contada por mim mesma e não faria nada diferente", reforçou. 

Portal de Eliminação

A cerimônia se tornou palco de mais um novo conflito entre Ninha e Pedro Castro quando Fernando Fernandes questionou a fotógrafa subaquática sobre o possível rompimento de alianças. "Nós mulheres nos juntamos porque, caso contrário, não haveria nenhuma mulher no jogo", disse. 

Na sequência, Pedro se sentiu ofendido com a fala. "Quem transformou a Tribo Sol em uma questão de gênero foi a Ninha", alegou. "Agora apontar que a minha aliança eliminaria as mulheres preferencialmente, isso é leviano, é mau, eu não gostei", alegou. "Ninguém falou seu nome", respondeu Flávia Assis. 

Pouco depois, durante a votação, Pedro chegou a dizer a Ninha: "Vai para casa", o que rendeu outra provocação da fotógrafa. "Eu vou, feliz". As palavras foram trocadas antes da contagem dos votos. 

Prova do Privilégio

No dia anterior, o privilégio rendeu um bolo de cenoura com cobertura para o ganhador, além de um suco de laranja fresco. A disputa consistia em um circuito com várias etapas. O primeiro deles envolvia desenrolar uma corda ao mesmo tempo em que o competidor corria. Na sequência, já tontos, eles precisavam se equilibrar em uma trave, correr por ela, coletar peças de quebra-cabeça e montá-lo. 

Pedro Castro, que se adiantou na montagem e chegou a ser copiado pelos demais participantes, conseguiu montar o enigma primeiro e venceu a prova. O zootecnista comeu o bolo de chocolate com lentidão na frente dos colegas. "Vai me dar uma força danada para os próximos dias de competição", avaliou.

Prova da Imunidade

A disputa pela garantia no jogo envolvia apenas uma única tarefa: manter uma bola girando dentro de um arco. Andréa Nascimento foi a primeira eliminada, deixando a prova após poucos segundos. Victor Hugo, Lucas Santana e Ninha Santiago saíram na sequência. Clécio Barbosa, Ipojucan Ícaro e Pedro também deixaram a bola cair, deixando o desafio para Flávia Assis e Charles Gama. 

Por fim, Charles ganhou a prova, celebrando muito a conquista da segunda imunidade seguida. "Esse colar representa minha vida nesse jogo e vesti-lo pela segunda vez significa que estou no caminho certo", afirmou.


Saiba tudo que está rolando nos reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#83 - Manipulação, mentira e agressão: as acusações que abalam o Power Couple" no Spreaker.


Últimas de No Limite 6

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.