Luta livre

Sem séries, Fox investe R$ 3,7 bilhões para exibir telecatch no horário nobre

Divulgação/WWE

Shinsuke Nakamura dá voadora em AJ Styles em evento do SmackDown em Londres, na última terça (15) - Divulgação/WWE

Shinsuke Nakamura dá voadora em AJ Styles em evento do SmackDown em Londres, na última terça (15)

REDAÇÃO - Publicado em 21/05/2018, às 17h14

A rede norte-americana Fox fechou um acordo bilionário para exibir um torneio de luta livre no horário nobre a partir de outubro do ano que vem. A emissora comprou os direitos de exibição do WWE SmackDown, o telecatch dos Estados Unidos, por US$ 1 bilhão (R$ 3,7 bilhões). O acordo chega para preencher sua grade, que esvaziará assim que a compra da Disney for confirmada. A nova emissora terá mais esportes e menos séries.

A notícia foi publicada primeiramente pelo site da revista The Hollywood Reporter nesta segunda (21), confirmando especulações do mercado de que a Fox estaria de olho em eventos esportivos para exibir no horário nobre. 

Isso porque a empresa do Mickey Mouse ficará com a maior parte das subsidiárias do grupo 21st Century Fox, incluindo o estúdio de TV, caso o negócio de US$ 52,4 bilhões (R$ 193 bilhões) seja aprovado pelos órgãos reguladores dos EUA.

Sendo assim, a rede Fox não terá uma produtora para chamar de sua. As séries que porventura forem exibidas terão de ser adquiridas de terceiros. Por isso, a estratégia é encher a programação de esportes, realities e game shows, que são mais baratos.

Na ponta do lápis, o acordo com a WWE (World Wrestling Entertainment), empresa de entretenimento que faz o SmackDown, não sairá caro para a Fox. Cada hora do programa de luta livre sairá por menos de US$ 2 milhões (R$ 7,4 milhões), abaixo do custo de uma série de drama. O SmackDown terá duas horas semanais, nas noites de terça, com programas inéditos durante o ano todo. O contrato vai até 2024.

No universo da WWE, o SmackDown é considerado a série B dos lutadores, que ficam de olho no palco principal, o Raw, exibido às segundas-feiras pelo canal USA Network. A atual temporada de SmackDown, também no USA, tem média de 2,59 milhões de telespectadores por semana. Telecatch, para quem não sabe, é um tipo de luta livre coreografada, encenada.

Para a temporada 2018-2019, a Fox se livrou de um bloco de comédias que exibia às terças e colocou no lugar um drama, The Gifted, seguido de Máquina Mortífera.

R$ 12 bilhões pela NFL
A partir de setembro deste ano, a Fox irá exibir nas noites de quinta jogos da NFL, a liga profissional de futebol americano. A emissora já mostrava os duelos nas tardes de domingo, mas em janeiro comprou o pacote no horário nobre por US$ 3,3 bilhões (R$ 12 bilhões). O direito de transmissão dessas partidas vai até 2022.

Os jogos de quinta, a partir das 20h, foram uma novidade que a NFL introduziu em 2006 e já fizeram parte da programação da CBS e NBC. Na temporada 2016-2017, o chamado Thursday Night Football, na NBC, foi a quarta atração televisiva mais vista pelos norte-americanos, com média de 17,1 milhões de telespectadores por semana.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook