Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Descontrole

Sem fiscalização, agência federal ignora tombo da TV por assinatura

Reprodução/Anatel

Imagem que ilustra o último relatório sobre clientes de TV paga no Brasil, divulgado em julho - Reprodução/Anatel

Imagem que ilustra o último relatório sobre clientes de TV paga no Brasil, divulgado em julho

DANIEL CASTRO

Publicado em 16/10/2017 - 5h19

Quantos assinantes as operadoras de TV paga perderam por causa da briga com as emissoras da Simba (Record, SBT e RedeTV!)? A Anatel deveria ter a resposta, mas não sabe. A Agência Nacional de Telecomunicações não divulga relatórios sobre TV por assinatura desde 24 de julho. O último dado publicado é de maio. O serviço foi suspenso para ajustes.

A guerra entre a Simba e as grandes operadoras durou cinco meses, de abril a setembro. Nesse período, Record, SBT e RedeTV! ficaram fora do cabo e do satélite na Grande São Paulo e no Distrito Federal.

A disputa foi muito danosa para as emissoras, principalmente a Record, que chegou a perder até 35% de audiência. Também foi para as operadoras, tanto que elas negociaram para ter as três redes abertas de volta.

No mercado, acredita-se que a Sky foi a mais prejudicada. A empresa ficou sem os sinais das três emissoras em todo o país e tem clientes longe dos grandes centros urbanos, onde a antena parabólica é uma alternativa, sem cobrança de mensalidade, para se ver programas como os de Silvio Santos e Rodrigo Faro.

A Anatel, no entanto, só divulgou dados de abril e maio. Nesses dois meses, a TV por assinatura perdeu 308 mil clientes, ou 1,65%. Foi um dos maiores tombos da história do setor. O resultado anulou todas as conquistas dos meses anteriores.

A agência federal parou de divulgar relatórios sobre TV por assinatura após o Notícias da TV revelar que, sem fiscalização, seus dados são ficção.

Em abril, a Anatel tornou público que o setor perdeu 9.989 clientes em maio. O banco de dados da agência, alimentado pelas próprias operadoras, mostrava o contrário: o mercado tinha conquistado 268.094 novos assinantes, graças a um lançamento tardio de informações da Sky.

Desde o último relatório sobre TV paga, a Anatel publicou três de telefonia fixa, três de telefonia móvel, três de banda larga e dois de comunicação multimídia.

Procurada, a agência informou apenas que "estão sendo efetuadas melhorias em procedimentos internos que levaram a atrasos" na divulgação dos dados. Esses atrasos podem mascarar os efeitos na indústra da TV por assinatura da maior disputa comercial já travada pelo setor.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?