Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DINHEIRO DE 2021

Corinthians lidera em repasses da Globo no Brasileirão; Fluminense supera Flamengo

DIVULGAÇÃO/CORINTHIANS

Fábio Santos beija o escudo e comemora um gol do Corinthians na Neo Química Arena

Fábio Santos, do Corinthians: clube é o que mais ganhará dinheiro no Brasileirão 2021

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 8/12/2021 - 7h00

Clube de maior torcida na Grande São Paulo, o principal mercado de TV do país, o Corinthians é o que mais ganhará dinheiro da Globo pelas transmissões em TV aberta do Campeonato Brasileiro em 2021. O Timão receberá R$ 18 milhões ao fim da competição. O segundo lugar ficou com o Fluminense, que superou o Flamengo em jogos exibidos no Rio de Janeiro.

Ao todo, o Corinthians teve 15 partidas em TV aberta até a 38ª rodada. Com as escolhas da emissora para a etapa decisiva que acontece nesta semana, o clube não pode mais ser alcançado na liderança geral. A Globo paga cerca de R$ 1,2 milhão por cada peleja mostrada em sinal aberto.

O levantamento feito pelo Notícias da TV revela ainda que o Fluminense surpreendeu e foi o segundo clube mais exibido em TV aberta em 2021. Com 14 jogos escolhidos, inclusive a partida da 38ª rodada contra a Chapecoense, que ainda será mostrada nesta quinta (9), o Tricolor das Laranjeiras receberá R$ 16,8 milhões.

É mais do que o Flamengo, seu maior rival local e com o maior número de torcedores no Brasil. O Rubro-Negro foi atração da Globo em 12 oportunidades na liga neste ano, o que lhe assegura a arrecadação de R$ 14,4 milhões e o terceiro lugar no ranking de repasses.

O top seis da Globo é completado por Palmeiras, Atlético Mineiro e São Paulo. O bicampeão da Libertadores, o dono do título do Brasileirão 2021 e o campeão do Paulistão deste ano foram exibidos 11 vezes pela TV aberta ao longo da atual edição e vão levar R$ 13,2 milhões cada um ao fim do certame.

Na "zona de rebaixamento" das transmissões de TV aberta estão times com pouca torcida. Cuiabá e o multimilionário Red Bull Bragantino foram exibidos apenas duas vezes e levarão R$ 2,4 milhões. Já a lanterna Chapecoense e o Atlético Goianiense terminam a temporada com três partidas e R$ 3,6 milhões cada um. Ao todo, a Globo mostrou 77 jogos da Série A do Brasileiro.

A emissora divide R$ 180 milhões pelas transmissões em TV aberta aos clubes como parte do acordo pelos direitos de transmissão válidos até 2024. Esse valor faz parte de 30% dos R$ 500 milhões totais que são desembolsados anualmente pela rede líder. Outros 30% são pagos por posição na tabela final e 40% são recebidos igualitariamente no início do Brasileirão.

Veja a tabela completa de todos os clubes:

1º) Corinthians: 15 jogos (R$ 18 milhões)
2º) Fluminense: 14 jogos (R$ 16,8 milhões)
3º) Flamengo: 12 jogos (R$ 14,4 milhões)
4º) Palmeiras: 11 jogos (R$ 13,2 milhões)
5º) Atlético Mineiro: 11 jogos (R$ 13,2 milhões)
6º) São Paulo: 11 jogos (R$ 13,2 milhões)
7º) Athletico Paranaense: 10 jogos (R$ 12 milhões)
8º) Internacional: 9 jogos (R$ 10,8 milhões)
9º) Grêmio: 9 jogos (R$ 10,8 milhões)
10º) Juventude: 7 jogos (R$ 8,4 milhões)
11º) América Mineiro: 7 jogos (R$ 8,4 milhões)
12º) Ceará: 7 jogos (R$ 8,4 milhões)
13º) Santos: 6 jogos (R$ 7,2 milhões)
14º) Bahia: 6 jogos (R$ 7,2 milhões)
15º) Sport: 4 jogos (R$ 4,8 milhões)
16º) Fortaleza: 4 jogos (R$ 4,8 milhões)
17º) Atlético Goianiense: 3 jogos (R$ 3,6 milhões)
18º) Chapecoense: 3 jogos (R$ 3,6 milhões)
19º) Cuiabá: 2 jogos (R$ 2,4 milhões)
20º) Red Bull Bragantino: 2 jogos (R$ 2,4 milhões) 


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas