Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FORA DO BRASILEIRÃO

CBF veta SBT para defender direito da Globo após invasão no jogo do Atlético-MG

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Keno, do Atlético Mineiro, aponta para o escudo do clube e chora após virar o jogo contra o Bahia em partida que deu o bicampeonato brasileiro ao time

Keno, do Atlético-MG: SBT é vetado de jogos do Campeonato Brasileiro após invasão em jogo do título

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 6/12/2021 - 14h32

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) vetou a presença do SBT em qualquer partida do Campeonato Brasileiro até o encerramento da edição deste ano, que termina na próxima quinta (9). A punição é uma forma de retaliar um ato da TV Alterosa, afiliada da emissora em Minas Gerais, durante o jogo entre Bahia 2 x 3 Atlético-MG, na semana passada.

A proibição surpreendeu profissionais. Após o fim da partida, a equipe de reportagem da Alterosa invadiu o gramado da Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), para entrevistar os jogadores do Galo. Pelo atual protocolo de credenciamento e cobertura do Brasileirão, apenas profissionais da dona dos direitos de transmissão da partida podem entrar em campo em ocasiões especiais.

Ou seja, só Globo e TNT Sports, em algumas partidas, podem entrevistar jogadores ainda no local da peleja, a depender de negociação com assessorias de imprensa dos times envolvidos. Entrar em campo sem autorização é terminantemente proibido. 

O veto já foi sentido no último fim de semana. A equipe do SBT não pôde entrar na Neo Química Arena (SP) para cobrir Corinthians 1 x 1 Grêmio no domingo (5) e não teve credenciamento aprovado para Flamengo x Santos, que acontece nesta segunda (6) no Maracanã (RJ). 

Segundo apurou o Notícias da TV, a Globo não fez nenhuma reclamação formal contra a emissora de Silvio Santos. A decisão foi apenas da própria entidade máxima do futebol brasileiro para proteger seus parceiros e quem paga aos clubes para exibir o Brasileirão.

O SBT alega que aconteceu um mal entendido. A infração ocorreu com uma afiliada, e sua equipe de rede não poderia ser prejudicada pela decisão. Nos bastidores, já existe um movimento para tentar reverter a decisão em tempo para cobrir a última rodada da liga nacional.

Procurado oficialmente pela coluna, o SBT disse que "não recebeu nenhuma notificação" da CBF até o momento. "O mal entendido ocorreu com a afiliada, a TV Alterosa", completou a emissora paulista, que transmite a Libertadores e a Champions League.

É a segunda vez que uma entidade proíbe uma rede brasileira de entrar em uma competição. A Conmebol não aceitou a entrada de profissionais da Globo na final da Libertadores e da Copa Sul-Americana no fim de novembro. Foi uma punição por uma entrevista coletiva exibida ao vivo sem autorização.


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca Record

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas