Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SAIBA ONDE ASSISTIR

Oscar 2020: Número de salas com exibição de Parasita aumenta em 80% no Brasil

DIVULGACAO/PANDORA FILMES

Cho Yeo Jeong e Song Kang Ho observam celular em cena do filme Parasita

Cho Yeo Jeong e Song Kang Ho em cena do filme Parasita, indicado em seis categorias no Oscar 2020

REDAÇÃO

Publicado em 15/1/2020 - 15h25

Um dos favoritos nas principais categorias do Oscar com seis indicações, Parasita será exibido em 76 salas no Brasil a partir de quinta-feira (16). O número é 80% maior em comparação com a última semana, quando era disponibilizado em 42 espaços. Em cartaz desde 7 de novembro, o longa já foi conferido por mais de 200 mil pessoas por aqui.

O filme dirigido pelo indicado Bong Joon Ho estará em cartaz nas cidades de Aracaju, Belo Horizonte, Belém, Brasília, Caraguatatuba (SP), Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Granja Viana (SP), Itajubá (MG), João Pessoa, Londrina (PR), Maceió, Maringá (PR), Niterói, Pelotas (RS), Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto(SP), Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória.

Sul-coreano, Parasita concorre como melhor filme, diretor, filme estrangeiro, roteiro original, direção de arte e montagem. A lista de indicados ao Oscar saiu na última segunda (13), por isso um interesse maior pelo longa.

Na trama, todos os membros de uma família estão desempregados e vivendo na miséria, até que o filho mais velho arruma emprego como professor de uma garota rica e o contato dessas pessoas com a vida de luxo e glamour as leva a fazer o necessário para ascenderem socialmente.

As duas famílias nesta história têm algumas coisas em comum, sendo ambas compostas por quatro membros com um filho e uma filha. Mas, em suas vidas cotidianas, ocupam dois extremos completamente diferentes.

Assista ao trailer abaixo:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?