Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NICK SAGAR

Galã de A Princesa e a Plebeia tem ligação especial com o Brasil; saiba qual

Fotos: Mark Mainz/Netflix

Com uma blusa de frio por cima de uma camisa social, Nick Sagar olha para a esquerda com expressão séria

Nick Sagar em cena como o Kevin do filme A Princesa e a Plebeia 2, sucesso da Netflix

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 16/12/2020 - 7h00

Galã da franquia A Princesa e a Plebeia na Netflix, Nick Sagar conseguiu se destacar em meio às três versões de Vanessa Hudgens que aparecem no segundo filme. Intérprete de Kevin, par romântico da duquesa Margaret, o ator de 32 anos admite em entrevista exclusiva ao Notícias da TV que tem um carinho especial pelo Brasil e que é louco para visitar o país.

A ligação com o país tropical vem desde a infância do britânico, que jogava futebol antes de descobrir a atuação. "A história brasileira no futebol é incrível. Eu me metia em encrenca porque eu torcia para a Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Torcia para a Inglaterra também! Mas quando o Brasil jogava...", conta ele, aos risos.

"Eu sempre quis ir ao Brasil, desde criança. Era estranho, eu tinha essa fantasia de fugir para aí. Meu pai é da Guiana, que fica na fronteira, e eu sempre quis ir. Os brasileiros são vibrantes, sabem aproveitar a vida, têm uma paixão e entendem o que é viver de verdade. Valorizam o seu povo, as suas amizades, sua comida, a música", lista o ator.

A admiração se estende às artes brasileiras também: ele é fã do filme Cidade de Deus (2002) e chegou a ficar deslumbrado quando conheceu Alice Braga, atriz do longa e com quem contracenou na série A Rainha do Sul.

"Eu me lembro de ver o filme e ficar impressionado. Mas Alice foi incrível, adorei trabalhar com ela. Um dos meus episódios favoritos da série é o que eu e ela estamos numa cabana, então eu pude interagir com ela, passamos alguns dias juntos", valoriza.

Vanessa Hudgens e Nick Sagar no filme

Surpreso com o sucesso

Nick confessa que não sabia que filmes natalinos como A Princesa e a Plebeia fizessem tanto sucesso com o público. "Eu nunca imaginei! Era um gênero escondido para mim, mas tem tanta gente que ama. A Netflix começou a fazer alguns e percebeu que tem um grande mercado aí", diz.

Ele ressalta, no entanto, que logo de cara sentiu que o primeiro filme da franquia tinha algo especial. "Quando eu vi as pessoas envolvidas, Vanessa [Hudgens], Sam [Palladio], e li a sinopse... Vi o potencial nas primeiras semanas de filmagem. Não imaginei que levaria ao segundo filme e agora ao terceiro, mas eu tive um pressentimento de que seria incrível."

Sobre o terceiro longa, previsto para chegar ao streaming no fim do ano que vem, o ator desconversa e brinca que a Netflix o mataria se ele falasse demais. "Vai ser divertido, isso eu posso contar. O segundo filme mudou um pouco com a aparição da Fiona, que é alguém que se opõe na história. Acho que o terceiro filme explora ainda mais as confusões", adianta.

Depois de viver a rica Margaret, a batalhadora Stacy e a mimada Fiona, Vanessa Hudgens vai interpretar um quarto personagem no próximo capítulo? "Eu não quero contar demais. Não vou dizer que a resposta é 'sim', mas também não vou dizer que é 'não' (risos). Mas eu tenho certeza de que as pessoas vão se identificar com o filme. Fiona é um sucesso, ela chegou para ficar!", conta ele, fugindo pela tangente.

No ano que vem, Nick também voltará à TV com a série Run the World, do canal Starz. A atração contará a história de quatro amigas em Nova York que desejam dominar o mundo profissional. É uma espécie de Sex and the City (1998-2004), mas com mulheres negras e que moram no Harlem.

"Estou animado para essa série. Acho que as pessoas vão gostar muito. É uma visão nova sobre jovens em Nova York e como eles sobrevivem. Você tem quatro mulheres talentosas e engraçadas que vão impressionar todo mundo. Desde a leitura dos roteiros eu já estava rindo demais. Sex and the City era o ponto de vista daquelas mulheres, com a realidade delas... Agora são histórias diferentes, é algo novo. E as roupas são demais!", finaliza.

Confira a entrevista exclusiva de Nick Sagar ao Notícias da TV:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas