ANÁLISE

Globo prepara Maju Coutinho para substituir Renata Vasconcellos no JN

Reprodução/TV Globo

Maju Coutinho no JN de 20 de julho: nova titular do Jornal Hoje é favorita ao principal telejornal da TV - Reprodução/TV Globo

Maju Coutinho no JN de 20 de julho: nova titular do Jornal Hoje é favorita ao principal telejornal da TV

DANIEL CASTRO - Publicado em 19/08/2019, às 05h26

A escolha de Maju Coutinho para apresentar sozinha o Jornal Hoje foi um banho de água fria em vários apresentadores da Globo. Monalisa Perrone (Hora 1), César Tralli (SP1), Ana Paula Araújo (Bom Dia Brasil), Giuliana Morrone (Bom Dia Brasil) e Rodrigo Bocardi (Bom Dia SP), entre outros, também eram considerados merecedores da promoção. Alguns ficaram frustrados.

A leitura que os profissionais mais experientes da Globo fazem é a de que Maju se tornou favorita a ocupar o lugar de Renata Vasconcellos no Jornal Nacional daqui a alguns anos. Foi essa a mensagem que a Globo passou a quem sonha um dia apresentar o principal telejornal do país.

Com 41 anos, mais nova do que as demais, Maju terá o Jornal Hoje como vitrine para se consolidar como apresentadora. A Globo tanto a queria nessa vitrine que vai adaptar o formato do telejornal para uma só âncora, e não mais por duplas.

Na "corrida" para o JN, ela passou na frente de todas as apresentadoras de Jornalismo da Globo, inclusive de Sandra Annenberg, que a partir do final de setembro fará companhia a Glória Maria no Globo Repórter.

A escolha de Maju significa muito. Para a Globo, faltava uma apresentadora de jornal de rede nacional negra. Isso ajudará a emissora a conquistar a imagem de empresa moderna e tecnológica que tanto almeja. Para Maju, foi o prêmio por ter sido decisiva na tentativa de rejuvenescer o Jornal Nacional, com uma linguagem mais informal, em 2015. Sua química com William Bonner vai fazer falta ao JN.

A concorrência da Globo rapidamente percebeu que a indicação de Maju para o Jornal Hoje não deixou todo mundo feliz. Ainda sob o impacto da demissão de Dony de Nuccio, os bastidores da Globo voltaram a se agitar na semana passada com a informação de que a CNN Brasil está de olho em Monalisa Perrone, como antecipou Flávio Ricco, no UOL.

Monalisa não é a única apresentadora da Globo que voltou a ser assediada, não só pela CNN Brasil, mas também pela Record, que está contratando apresentadores para uma série de edições curtas ao longo do dia de seu principal telejornal.

Não será surpresa se nas próximas semanas a Globo sofrer alguma nova baixa. A lista dos que se sentiram preteridos com a nomeação de Maju Coutinho ao JH não é pequena. Principalmente para as mulheres, Maju virou uma muralha quase intransponível para o sonho de apresentar o JN. Sem esse sonho, as propostas da CNN e da Record ficam bem mais interessantes, e o financeiro pode bater mais forte.

Daniel Castro
DANIEL CASTRO transformou a coluna de Televisão da Folha de S.Paulo na mais relevante do país durante sua passagem pelo jornal, entre 1991 e 2009. Trabalhou no Notícias Populares (1995-96) e R7 (2009-13). E-mail: dcastro@noticiasdatv.com

Leia também

Carregando… Carregando...