Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SOBRA UM BOM TROCO

À venda: Ganhador da Mega da Virada pode comprar mansões de Xuxa e Scarpa

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/REDETV!

Montagem de fotos com a apresentadora Xuxa Meneghel e o conde Chiquinho Scarpa

Xuxa Meneghel e Chiquinho Scarpa tentam vender suas respectivas mansões: prêmio da Mega pode comprar

VINÍCIUS ANDRADE

Publicado em 29/12/2019 - 5h05

Começar 2020 com R$ 300 milhões na conta é o sonho de todo brasileiro que apostou ou ainda vai apostar na Mega da Virada, o principal sorteio da Loteria Federal, até a próxima terça (31). O ganhador pode fazer muita coisa com esse dinheiro, inclusive comprar luxuosas mansões de famosos, que encontram dificuldades para se desfazer das suntuosas residências onde moram.

A apresentadora Xuxa Meneghel e Francisco Scarpa Filho, ou apenas conde Chiquinho Scarpa, estão tentando vender suas casas. Somados, os imóveis valem R$ 81 milhões. Ou seja, o novo milionário brasileiro consegueria comprar os dois e ainda ficaria com uma "sobra" de mais de R$ 200 milhões para investir e guardar para pagar as altas despesas das residências.

Moradora há dez anos de uma mansão com 2.626 m² em um condomínio de luxo no Rio de Janeiro, Xuxa tenta se desfazer do imóvel desde o ano passado, quando perdeu a mãe, Alda Meneghel (1937-2018). Mas ainda não encontrou alguém que aceite pagar o valor que está pedindo --a casa é avaliada em R$ 18 milhões.

A mansão está construída em um terreno de 2.780 m². Só a sala de estar da apresentadora tem um viveiro de 100 m² com mais de 30 pássaros.

A residência conta com seis suítes, hall de entrada, sala de estar, três lavabos, varanda, escritório, sala de jantar, sala de TV, cozinha, lavanderia, jardim de inverno, academia de ginástica, closet, copa separada, suíte para governanta e mais dois cômodos distribuídos no subsolo. O comprador ainda terá à disposição um cinema particular e 14 banheiros.

Mansão de Xuxa está à venda na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

Já Chiquinho Scarpa mora desde que nasceu em uma mansão no Jardim América, bairro nobre na região central de São Paulo. O empresário tenta vender o imóvel há oito anos. Seu objetivo é morar em um local "menor".

A ideia inicial era se desfazer da casa por R$ 120 milhões; mas ela está listada agora por R$ 63 milhões. Ou seja, o comprador terá um descontão de R$ 57 milhões.

"Esse é o valor mínimo do imóvel", afirmou Scarpa ao Notícias da TV em agosto. "Já tive oferta de R$ 55 milhões, mas não vendi. Tive muitas visitas também. Como uma parte da casa dá para a rua Estados Unidos, é um endereço que pode ser comercial. Você pode fazer um negócio."

Scarpa está pedindo R$ 42 mil por metro quadrado; o valor médio no bairro da casa é de R$ 12 mil. A área contruída de 1.500 m² conta com oito salas, seis dormitórios, 10 banheiros, academia, piscina, campo de futebol e 12 vagas na garagem. O conde entregará a casa com boa parte da mobília e da decoração.

bossa nova sotheby's international realty/divulgação

Uma das oito salas da mansão de Chiquinho Scarpa: o conde está cobrando R$ 42 mil pelo m²


O que dá pra fazer com o prêmio da Mega da Virada?

Para quem não quiser investir o prêmio em mansões de celebridades, com os R$ 300 milhões dá pra comprar 600 imóveis de R$ 500 mil; 7.500 carros populares no valor de R$ 40 mil cada; ou 20 iates de luxo a um custo de R$ 15 milhões por unidade.

Outra opção é investir. Na caderneta de poupança, um dos investimentos com menor rentabilidade do mercado e que deve ficar abaixo da inflação a partir do próximo ano, os R$ 300 milhões rendem aproximadamente R$ 780 mil por mês, considerando a taxa de 0,26%, que é rendimento líquido mensal atual da aplicação.

A aposta mínima da Mega da Virada, de 6 números, custa R$ 4,50. Os jogos podem ser feitos em agências lotéricas ou no site da Loteria Federal.

O sorteio será realizado pela Caixa Econômica Federal na terça (31) e as apostas serão encerradas às 18h do mesmo dia. A Mega da Virada não acumula. Em 2018, 52 apostadores dividiram R$ 302 milhões.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?

Sim, 2017 é logo ali
21.50%
Não, a novela merece ganhar esse espaço atual
18.71%
Vacilaram, tinham outras opções
42.03%
Não vejo, não sou capaz de opinar
17.76%