Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DUDU BRAGA

'Talvez esse câncer não tenha cura', diz filho de Roberto Carlos em quimioterapia

ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO

Dudu Braga e o pai no especial Roberto Carlos: Muito Romântico, na Globo, em 2018

Dudu Braga e o pai no especial Roberto Carlos: Muito Romântico, na Globo, em 2018; músico em quimioterapia

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/9/2020 - 20h28

Em quimioterapia contra o terceiro câncer, Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, desabafou sobre a luta contra a doença. O músico de 51 anos descobriu três tumores no peritônio e está em tratamento no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. "Talvez isso não tenha cura, talvez eu tenha que ir vivendo de quimio em quimio", declarou.

Em entrevista para José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, nesta quinta-feira (24), o produtor musical falou sobre seu histórico com a doença. O artista teve tumor no pâncreas em março de 2019. Depois, descobriu um nódulo na mesma região.

"Quando você recebe essa notícia, não tem como soltar rojão. Levei um grande susto. Mesmo porque, no ano passado, eu tive uma dorzinha. Gosto de fazer ginástica, e eu estava com uma dorzinha nas costas bem leve. Eu tomava um remédio e a dor passava. Nada demais", iniciou.

"Mas falei: 'Quer saber? Isso aqui não está parecendo dor muscular. Passei no Einstein e de lá não sai mais. Era um tumor na cauda do pâncreas", relembrou.

Diante do tumor maligno, Braga se assustou. "Pensei: 'Já era! Como deixo minhas filhas? Como é que eu faço isso e aquilo?' Você dá uma pirada. Depois entende que você não tem controle da vida e não tem controle da morte", analisou.

"O que você tem que fazer é lutar, isso sim. Se entregar nunca. Foi o que fiz. Enfrentei quatro ou cinco horas de cirurgia, fiz seis meses de quimioterapia, que derruba a gente mesmo. É uma paulada. E fiquei mais uns seis ou sete meses bem", relembrou.

Há duas semanas, em seus exames de rotina o filho de Roberto Carlos descobriu o câncer na membrana que envolve a parede abdominal. "Apareceram três pontinhos no peritônio. Não é muito bom isso. Não posso negar. Não é uma coisa que a gente possa considerar legal. Mas são três pontos milimétricos", detalhou.

Braga agora enfrenta sessões de quimioterapia sob supervisão do oncologista Fernando Maluf. "Isso [a doença] mexeu comigo. Sempre fui um cara muito resiliente. Acho que a questão visual na minha vida vida me fez perceber que não tenho controle de tudo, apesar de querer", desabafou.

"Vou ter que aprender a lidar. Talvez isso não tenha cura, talvez eu tenha que ir vivendo de quimio em quimio. Vamos em frente. Meu pai é guerreiro. Você também [Datena teve câncer no pâncreas]. Me espelho em todas as pessoas que venceram. E estou aqui, bicho", considerou.

Veja entrevista de Datena com Dudu Braga:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?