Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ATRIZ FOI REJEITADA

Suzana Pires expõe machismo e sofrimento na Globo: 'Tive que tomar remédio'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Suzana Pires em entrevista a Leo Dias, do Metrópoles, no YouTube

Suzana Pires: atriz e escritora viveu pesadelo na Globo após trabalhar na novela Sol Nascente (2016)

IVES FERRO

ives@noticiasdatv.com

Publicado em 2/6/2022 - 10h38

Suzana Pires revelou que viveu situações de machismo na Globo durante reuniões de teledramaturgia de que participou. Ela apresentou projetos para novelas e séries, e todos foram recusados. A atriz e escritora se surpreendeu com inúmeros retornos negativos de seu trabalho e os relacionou ao fato de ser mulher.

"Tive que começar a checar a minha capacidade, porque a minha autoestima já estava em frangalhos. Eu pensava: será que foi um golpe de sorte? Você esquece que tem 20 anos de carreira, estudou, que trabalhou igual a um camelo. Tive que tomar remédio. Isso me tirou o chão, porque você entrega uma coisa e tudo está ruim", desabafou em entrevista a Leo Dias, do Metrópoles.

A artista assumiu a autoria da novela Sol Nascente, em 2016, quando o autor principal, Walther Negrão, adoeceu e se ausentou. Suzana afirmou que fez história por ser a primeira atriz e dramaturga da emissora, mas mesmo assim não se sentiu reconhecida por seu trabalho.

"Ouvi do interlocutor que eu tinha três problemas: o primeiro é que eu era muito alegre, o segundo é que, com essa alegria, eu conseguia que a equipe fizesse tudo que eu queria. Terceiro era que com isso eu acabava pulando processos. Não tinha muito uma explicação, essa foi minha última reunião como autora", relembrou, indignada.

A dramaturga apontou que teve três sinopses de novelas das sete recusadas porque a Globo não concordava com sua "visão de mundo". Nas reuniões, ela foi alertada por um colega a não usar calça jeans e camisetas mais curtas, e sim vestir looks que cobrissem o corpo, sem "mostrar a bunda".

"[Disseram] 'Você está muito ativista, e a gente não gosta disso'. Às vezes em reunião só tinha eu de mulher, e pediam para eu pegar um cafezinho. Já cheguei em reunião na Globo e falaram: você é a Suzana Pires autora? Achei que era homônima. 'Como uma autora de novela vai postar uma foto de biquíni?' Não postava. Só quando acabou o contrato. Sem ressentimento, mas agora não cubro mais minha bunda", debochou.

Eu acho que tem uma hora que [o lugar] começa a ser [machista]. Dependendo do lugar que você está, sua pulsão de vida pode incomodar de alguma forma. Tinham vários fatores, mas eu não me sinto vítima de nada, porque eu também comecei a reagir. Não fiquei ali no cantinho 'ai, estou levando uma surra'.

Notícias da TV questionou a Globo sobre as acusações de machismo feitas por Suzana Pires, mas a emissora não respondeu até a última atualização deste texto.

Confira abaixo a entrevista completa:

TUDO SOBRE

Suzana Pires


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.